FIEMG estima a perda de 2 milhões de empregos formais com a pandemia de coronavirus

Postado em 26/03/2020 16:07

A Federação das Indústrias do estado de Minas Gerais estima que a pandemia que enfrentamos pode afetar e muito o setor industrial. Numa estimativa feita pela federação, o recuo na economia, só no setor de serviços, pode chegar a mais de 36%. O presidente Flavio Roscoe achou exagerada algumas medidas tomadas por prefeituras do estado.

A produção industrial no Brasil será afetada pela pandemia do novo coronavírus disse o presidente. A FIEMG fez um estudo apontando que as indústrias mineiras podem fechar 2020 com a perda de mais de 2 milhões de empregos formais. De acordo ele o distanciamento social é uma medida eficaz, mas pode trazer efeitos colaterais com a paralisação das atividades no comércio e na indústria.

Os setores mineiros mais impactados com a pandemia , segundo a FIEMG, seriam os de serviços, com recuo de até 36,4% e a agropecuária com 5,4% de retração. A instituição destacou algumas medidas que estão sendo tomadas e que podem servir como exemplo para as empresas.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: Este conteúdo é protegido!