Publicidade

Rascunhos da Vida

Rascunhos da Vida: Leite no litro de óleo.

Postado em 30/05/2021 6:00

Infância, momento maravilhoso de nossas vidas. Onde os sonhos, as fantasias e as realidades se misturam, onde os sabores se acentuam, e as emoções tomam sua forma.

Mateus 18.1-4

Retirado do site: https://www.freeimages.com/pt/photo/milking-parlor-1525081

Se não me falha a memória, eu nunca vi uma pessoa lamentar sua infância. Ela pode até dizer que passou por momentos difíceis, sofreu privações, precisou trabalhar ajudando seus pais. Pode, até, com lágrimas lembrar-se do prato de farinha com açúcar, do pão dividido entre os irmãos, do café contado na garrafa que ia para os piquetes da tarefa do dia, mas nunca lastimar e dizer que coisa horrível é a infância. Pelo contrário, geralmente a expressão que mais ouço é: que fase maravilhosa, não precisa preocupar com nada, não tem nada que atormente.

Advertisement

Há alguns dias meu irmão Leo (na verdade seu nome é Leandro, mas para os mais íntimos sempre será Leo) mandou uma foto no grupo dos irmãos. Era a foto de “um litro” de 900ml de óleo, e fez uma pergunta alguém sabe o que é isso? Foi como se alguém pegasse minha mente e a transportasse a mais de trinta e cinco anos atrás.

Eu podia ver o vale do Raposo, e contar os dois degraus da casa grande até o pátio de secagem do feijão, via o caminho pelas ripas do curral. Conseguia ver o banquinho de um pé só preso no “bumbum” do Antônio Olímpio (o caseiro da propriedade), o som do leite batendo no “Toddy” no fundo do copo de “litro de óleo”, a espuminha maltada subindo até a borda, o sabor do leite quentinho tomado que eu tomava enquanto comia aquele “biscoitão” frito na hora por minha mãe. Saudades da infância.

Se não vos converterdes, é assim que Jesus afirma. Para tanto Ele usa a palavra grega stephō cujo significado é intensificado por sua raiz, significando virar-se, voltar-se, ir contra, inverter-se, torcer totalmente. É como se o Mestre afirmasse: para que possamos entrar no Reino dos Céus é preciso caminhar na contramão de todo o sistema no qual vivemos. É preciso confiar plenamente nas promessas do Senhor, nunca duvidando, nunca deixando de acreditar que como Ele prometeu tudo acontecerá.

As promessas foram administradas de forma clara, partindo do Senhor e não do homem. Ele é o “dínamo” de tudo, é Ele quem salva, quem redime, o que liberta, sustenta, fortalece, instrui, sim, foi Ele quem amou primeiro. Tornar-se como uma criança é a atitude de se entregar plenamente, confiando que Aquele que prometeu é Fiel e Justo para cumprir toda sua palavra e não nos desamparará. É se atirar do alto de uma torre enorme com a certeza de que seremos amparados e que teremos nossa vida salva por um poder inimaginável.

Como diz a canção “quero ser como criança Te amar pelo que és”, essa deve ser nossa visão, deve ser nossa paixão, deve ser nosso propósito, ser como criança que não tem nenhuma preocupação apenas confia no Senhor e entregam sua vida e seu caminho a Ele. Pense nisso, e seja uma criança.

Um maravilhoso abraço!
Nos verdadeiros e afáveis laços do amor de Cristo.

Rodrigo Fonseca Andrade
Um servo que prefere ser uma eterna criança ao lado de Cristo.

Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

<
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
Autor do blog: Rodrigo Andrade

Rodrigo Fonseca Andrade é um microempreendedor, teólogo e professor de línguas clássicas (Grego Koinê e Hebraico Massorético). Casado com Sílvia e pai de João Victor e Isabelle. Com formação em Tecnologia, Meio Ambiente e Teologia. Tem como objetivo principal tornar o conhecimento teológico simples e abrangente. Sendo assim demonstra através de fatos da vida como Deus é soberano e dirige nossa história pessoal. Neste blog você lerá, lembrará e se identificará com muitos dos fatos bíblicos exemplificados de forma simples e objetiva.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!