Publicidade

Mãe esconde teste positivo de covid do marido e os três filhos, dias depois os 5 falecem

Postado em 05/02/2021 11:19

Cinco membros de uma família moreram após mãe esconder teste positivo de covid 

covid-19 vem afetando muitos lares de forma trágica, no entanto, para a família de Verónica García, 36, a doença foi ainda mais agressiva. Casada com José Antonio Gómez, 33, a mãe de três filhos escondeu seu teste de covid positivo e acabou contaminando seu marido e filhos, que morreram dias depois. 

Segundo o jornal, La Nación, Verónica começou a se sentir mal a partir da segunda semana de dezembro. Ela teve febre alta e tosses contínuas. Em 17 de dezembro, ela foi para um Centro de Diagnóstico, em Tárib, Venezuela, onde fez um teste rápido para covid-19 e deu positivo. Ela estava com medo, então ficou em silêncio e não contou à família, decidiu apenas se isolar em casa. 

Advertisement

No dia 20 de dezembro, a mãe decidiu fazer um teste de PCR em um laboratório particular e mais uma vez recebeu o resultado positivo. Foi então que ela decidiu fazer um tratamento médico particular.

No entanto, em 27 de dezembro, seu marido foi a uma festa familiar e ela começou a ficar preocupada. “Ele estava bebendo quando recebeu a ligação da esposa, em que  dizia para voltar para a casa e não dividir nada com ninguém, porque ela tinha covid”, relata Mariela García, irmã de José. 

Na primeira semana de janeiro, o quadro de Verónica piorou e ela teve que ir ao hospital e lá descobriu que estava com pneumonia e teria que fazer tratamento médico. Todos os cinco integrantes foram submetidos novamente ao teste de PCR, que dessa vez deu positivo. No dia 14 de janeiro, a mãe foi internada e poucos dias depois precisou ser intubada. 

Tragédia

No dia 18 de janeiro, Verónica morreu, enquanto seu marido estava hospitalizado. No dia seguinte, José também acabou não resistindo e faleceu também. No momento em que a família ainda estava em luto, o quadro de Nicol se complicou e no caminho para o posto de saúde, ela acabou falecendo. 

Logo depois, Jhoneider e Jhoneiker também começam a apresentar os sintomas e foram internados no Hospital Central de San Cristóbal. “O laudo médico indicou que ambos tinham broncopneumonia”, explica Mariela. Nesse mesmo dia, os dois irmãos morreram. “É importante que todas as pessoas estejam vigilantes. Os membros das famílias têm que tomar cuidado para não dar beijos e abraços dentro de casa. Sem beijos, sem nada. Ao apresentar sintomas, procure atendimento médico urgente, aplique o tratamento médico a tempo. Não deixe os dias passarem”, diz.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!