Publicidade

Microrregião Divinópolis fica na onda amarela mas piora no quadro de pontos do Minas Consciente

Postado em 25/02/2021 12:44

O Grupo executivo iniciou a reunião tendo acesso ao Relatório Técnico emitido pelo Centro de Operação de Emergências em Saúde – COES-Minas. Foi avaliada, inicialmente, que a positividade dos testes se manteve no patamar de 37%. Foi avaliada ainda a situação em todas as macrorregiões, conforme apresentação do COES, avaliando o quadro, caso a caso. A macrorregião Oeste aponta 18 pontos, ficando muito próxima da Onda Vermelha. No caso da microrregião vai a 17 pontos, no mesmo sentido da macro.

Na análise anterior a macrorregião apresentava um grau de risco 13, saltando para 18 na avaliação de ontem (24). Já a microrregião Divinópolis, o grau de risco estava em 15 e subiu para 17. O detalhamento deve ser agora analisado pelo comitê local que pode sugerir novas medidas para evitar a onda vermelha na cidade. Formiga e Itaúna receberam indicação para Onda Vermelha.

Foi feita a apresentação pela Secretaria de Estado de Saúde para os membros do Grupo Executivo, dos resultados finais referentes as discussões do Grupo de Estudo responsável pelo tema volta as aulas. A deliberação sobre a volta às aulas foi aprovada nesta quarta-feira durante a reunião do Comitê Extraordinário Covid-19, grupo que monitora semanalmente a situação da pandemia no estado.

Advertisement

 

 

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!