Sintram fará assembleia dia 31 para ver se aceita proposta de reajuste da prefeitura - Portal MPA

Publicidade

Sintram fará assembleia dia 31 para ver se aceita proposta de reajuste da prefeitura

Postado em 25/01/2022 17:52

As diretorias do Sindicato dos Trabalhadores Municipais de Divinópolis e da Região Centro Oeste (Sintram) e do Sindicato dos Trabalhadores da Educação Municipal do Município de Divinópolis (Sintemmd), e as comissões de negociação salarial se reuniram na manhã de hoje, 25, com o prefeito de Divinópolis, Gleidson Azevedo (PSC)  para iniciar as negociações da campanha salarial 2022.

O encontro foi aberto pela presidente do Sintram, Luciana Santos, que leu as propostas enviadas pelos sindicatos ao Executivo, por meio de um ofício, no dia 27 de dezembro. Logo em seguida, o Município apresentou sua contraproposta, que prevê: recomposição salarial de 9,63%, sendo 5% na folha de pagamento de fevereiro, e 4,63% na folha de junho; reajuste de 11% no ticket alimentação, passando o valor de R$ 9 para R$ 10, e R$ 1 a cada ano; progressão horizontal (triênio) seja feito semestralmente, sendo em janeiro e junho.

Durante a reunião, as lideranças sindicais protestaram sobre o parcelamento da recomposição salarial, e reforçaram que os servidores municipais acumulam perdas desde 2020. A presidente do Sintram solicitou então, aos representantes da Prefeitura que o reajuste seja pago de forma integral na folha de fevereiro. “O servidor público municipal acumula perdas salariais desde 2020. É importante deixar claro que o quê nós estamos pedindo aqui não é aumento de salário, é recomposição salarial. O funcionalismo público municipal vem perdendo ano a ano o seu poder de compra. Em 2020, a administração passada concedeu 5,23% de reajuste parcelado em duas vezes, em 2021, a atual administração não concedeu a recomposição salarial, como prevê a Constituição Federal, e com isso o servidor vem acumulando sucessivas perdas. A administração se mostrou resistente quanto ao pagamento do reajuste de forma integral, e agora a contraproposta será apresentada aos servidores municipais”, destacou Luciana.

Negociações

A diretoria do Sintram pediu celeridade à gestão quanto ao agendamento das próximas reuniões de negociações. O vice-presidente do Sintram, Wellington Silva ressaltou que os sindicatos já convocaram a próxima Assembleia Geral, para a próxima segunda-feira, 31, para que os servidores municipais decidam se aceitam ou não a proposta apresentada pela atual gestão.

Na pauta apresentada pelos sindicatos, os servidores reivindicavam reajuste de 15,5%, sendo 5,3%, referente ao ano de 2021, retroativo a data base acrescido o índice de correção do IPCA do Ipead acumulado em 2022, que ficou em 9,63%, porém o pedido foi feito com arredondamento do índice para 15,5%. Logo no início da reunião, a vice-prefeita explicou que o percentual de 5,3% não estava incluído na contraproposta, visto que a reivindicação está Sub judice, e o Executivo aguarda a decisão da justiça para conceder ou não o reajuste referente a 2021 aos servidores municipais.

Ao Sintram, o prefeito de Divinópolis, Gleidson Azevedo disse que o Município irá tentar achar recurso para pagar o funcionalismo público, caso a Justiça determine o pagamento dos 5,3%, reivindicado pela categoria.