Publicidade

Presidente da AMM cobra e governador promete acordo com TJMG para pagar dívida da saúde com municípios de cerca de R$ 6 bilhões

Postado em 30/04/2021 10:00

Em reunião da Associação Mineira de Municípios (AMM) com prefeitos e prefeitas, na tarde desta quinta-feira (29/4), o governador Romeu Zema fez o compromisso com o presidente da entidade, Julvan Lacerda, de iniciar, já na semana que vem, um novo acordo com o Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais (TJMG) para garantir o pagamento de recursos atrasados da área da saúde aos municípios que envolvem cerca de R$ 6 bilhões. O evento contou com a participação de cerca de 200 prefeitos/prefeitas e do presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), deputado Agostinho Patrus.

O governador Romeu Zema reforçou a importância do trabalho da AMM e que a entidade será o elo entre o Estado e os municípios na resolução das demandas e prioridades da pauta municipalistas. O governador salientou a dificuldade do caixa do governo, que iniciou a gestão com dívidas altas com os municípios, servidores públicos e fornecedores, sobretudo após a necessidade de investimentos com a pandemia, mas se comprometeu a se reunir com o presidente Julvan para analisarem um novo acordo de quitação da dívida. Zema informou, ainda, a aprovação do auxílio emergencial de R$ 500,00 para os mineiros.

De acordo com o presidente da AMM e vice-presidente da CNM, Julvan Lacerda, a reunião teve como objetivo uma discussão saudável com o governo para conseguirem êxito nas principais demandas dos municípios nesta pandemia do coronavírus. “Se for pela paz, as coisas acontecem de forma mais fácil. Não precisa de conflitos. Estou muito grato por saber que o governador vai nos receber para revisarmos o acordo com o Estado de quitação da dívida com os municípios.”

Advertisement

O presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), deputado Agostinho Patrus, ressaltou o trabalho árduo dos prefeitos e prefeitas ao gerir seus municípios com a pandemia e orçamentos enxutos. “Saúdo a todos sobre a importância de estabelecermos este diálogo. O programa de recolocação de recursos, aprovado na ALMG, e pelo governo, vai regularizar dívidas das empresas e usar os recursos arrecadados para apoiar os empresários para manterem os empregos.” O deputado falou também sobre encontros regionais com os prefeitos para tratar da pauta prioritária.

No encerramento da reunião, o governador frisou que este é um governo parceiro dos municípios e que os compromisso serão honrados, mesmo se for preciso fazer sacrifícios. “Tenho convicção que Minas Gerais está no caminho para termos dias melhores e acredito que, com a vacinação, vamos continuar com o problema, mas administrado.”

O secretário de Estado de Saúde, o médico Fábio Baccheretti, falou sobre as resoluções, como a de vacinação, do repasse de verba para oxigênio e dos leitos de UTI. “Importante todos saberem dessas oportunidades e reforço sobre o prazo de preenchimento do formulário da coronavac, até amanhã, dia 30.”

Na reunião, alguns gestores tiveram a oportunidade de apresentar as demandas, de forma sucinta, ao governador e o presidente da ALMG. As principais demandas se referem ás dificuldades enfrentadas na pandemia, como mais recursos para os pequenos municípios; investimentos em hospitais, sobretudo nas cidades-polo; melhoria na conexão da internet no Estado, um dos desafios para dar continuidade às aulas on-line; melhoria de rodovias e construção de novas para potencializar a economia nos municípios.

Por: Associação Mineira de Municípios

Foto: Reprodução

 

The post Presidente da AMM cobra e governador promete acordo com TJMG para pagar dívida da saúde com municípios de cerca de R$ 6 bilhões first appeared on Portal Amirt.

Postado originalmente por: Portal AMIRT

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!