Publicidade

Rascunhos da Vida

Rascunhos da Vida: Verdades e Mentiras

Postado em 14/05/2021 6:00

Valores estatísticos e algumas publicações podem ser usados de forma errada. Mesmo contendo algo verdadeiro essas informações podem ser transformadas em grandes mentiras.

Atos 16.16-18

Retirado do site: https://www.freeimages.com/pt/photo/political-men-1420891

A Folha de São Paulo faz uma excelente reflexão sobre isso numa de suas propagandas. Não me lembro do ano, mas sei como foi apresentada. Mostrava-se uma tela com vários pontos brancos e pretos de tamanhos e distâncias diferentes entre eles. Enquanto isso mostrava informações verídicas de como um homem fez muita coisa benéfica por seu país, gerando emprego, alcançando um superávit, inovando tecnologia, entre outras coisas. Enquanto são dadas as informações a imagem ia se afastando e conseguia-se ver um vulto. Repentinamente mostra-se a imagem de Adolf Hitler e surge uma frase: “É possível contar um monte de mentiras dizendo só a verdade”.

Advertisement

Uma mulher andava atrás de Paulo e Silas dizendo: “São servos do Deus Altíssimo estes homens que vos anunciam um caminho de salvação”. Ela dizia a verdade. Paulo e Silas eram verdadeiramente servos do Deus Altíssimo, foram chamados por Ele, capacitados por Ele, eram sustentados por Ele. Anunciavam o caminho da Salvação. Anunciavam o sacrifício vicário de Cristo na Cruz, anunciavam o amor de Deus aos pecadores, anunciavam o único caminho para a vida eterna. Verdades comprovadas, pois eram fatos. E contra fatos não há argumentos.

Então porque Paulo não usou a propaganda favorável em seu benefício? Não diz o ditado popular “há males que vem para o bem”, então o que ela estava fazendo era favorável a eles. Porque Paulo expulsa o espírito demoníaco da jovem?

Primeiro motivo: “Não estar associado a alguém possuída por demônios”. Todos da cidade e região conheciam a jovem e sabiam que ela tinha um espírito demoníaco sobre sua vida. Por isso Paulo e Silas não queriam estar associados a ela.

Segundo motivo: “Ela errava em suas promessas”. Aquela jovem eventualmente errava em suas previsões, e por isso nem todos criam em suas palavras. Estar ligado a ela era a mesma coisa de estar ligado a erros nas promessas. E eles estavam profetizando a vida eterna em Cristo Jesus, e a sua promessa de vinda para resgatar sua igreja. Essa mensagem não podia ser ligada a uma mentira, e por isso não queriam envolvimento com aquela jovem.

Terceiro motivo: “Aquela jovem precisava de Cristo”. Por mais que aquela jovem tivesse uma vida com dinheiro, fosse “empregada”, nada lhe faltasse, tivesse liberdade, era uma mulher destinada a morte eterna, precisava ouvir a mensagem e ser liberta dos espíritos que a possuíam. Aí sim, ter certeza da verdade na boca dos servos do Altíssimo.

Pense nisso. Nem todos que dizem verdades, as fazem de forma correta. É possível usar verdades e transformá-las em mentiras, e ainda assim pregar algo que não acreditamos. Você e eu precisamos da libertação que há no nome de Cristo, necessitamos da verdade anunciada por sua Palavra. Uma viva esperança, a esperança de vida eterna no nome de Jesus.

Um grande abraço!
Nos eternos laços do amor de Cristo!

Rodrigo Fonseca Andrade
Um servo que analisa as verdades pela verdade de Deus.

Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

<
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
Autor do blog: Rodrigo Andrade

Rodrigo Fonseca Andrade é um microempreendedor, teólogo e professor de línguas clássicas (Grego Koinê e Hebraico Massorético). Casado com Sílvia e pai de João Victor e Isabelle. Com formação em Tecnologia, Meio Ambiente e Teologia. Tem como objetivo principal tornar o conhecimento teológico simples e abrangente. Sendo assim demonstra através de fatos da vida como Deus é soberano e dirige nossa história pessoal. Neste blog você lerá, lembrará e se identificará com muitos dos fatos bíblicos exemplificados de forma simples e objetiva.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!