Publicidade

Projeto que reduz salários de prefeito, vice e vereadores é barrado em Pedra do Indaiá

Postado em 16/09/2020 8:05

No mês passado, a Câmara de Vereadores de Pedra do Indaiá recebeu um projeto de lei de autoria da mesa diretora, que fixa os salários para a próxima legislatura. As propostas de redução chegam a até 50%, mas o projeto foi barrado por cinco votos a quatro. Alguns vereadores alegaram que havia erros na autoria do projeto, que terá de ser revisto.

Pedra do indaiá tem cerca de quatro mil habitantes. A economia da cidade é influenciada pela comercialização de calcário. A principal fonte de arrecadação da cidade vem do FPM, o Fundo de Participação dos Municípios, quase 60%. A arrecadação com IPTU é baixa, corresponde a  0,5%.

De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, a remuneração média da população era de quase dois salários mínimos. Em agosto, chegou à câmara municipal, um projeto para a redução nos salários dos vereadores, prefeito e vice. O projeto traz a proposta de diminuição dos salários em até 50%.

Votaram a favor do projeto:

Lelena

João da farmácia

Kenice

Vando

Votaram contra o projeto:

Andreia

Sinval

Zilda

Adilson

José Ilídio

Dois vereadores entraram com um parecer para barrar a votação de redução dos salários. Os parlamentares justificaram que a comissão responsável pela elaboração do documento estava contra os regimentos.

A remuneração total de um vereador em Pedra do Indaiá é de R$ 3.860,00. O projeto propõe um salário de R$ 1930,00, para quem assumir o cargo na legislatura 2021-2024. A remuneração do prefeito e do vice, para o próximo mandato também sofreria alteração.

O salário do chefe do executivo é de R$ 19.451,00 e seria reduzido para R$ 9.724,00. O vice – prefeito receberia R$ 1930. Hoje o vice recebe pouco mais de R$ 6.400. Nossa reportagem agendou entrevista com alguns parlamentares, mas nenhum dos nove vereadores apareceu no horário combinado. Uma nova votação do projeto foi agendada para o dia 30 deste mês.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!