Publicidade

Vereador de Uberlândia que propôs desobrigação de máscara morre de COVID-19

Postado em 17/09/2021 21:24

Vítima de complicações da COVID-19, o vereador de Uberlândia Thirles Santos (PSL) teve a morte confirmada nesta sexta-feira (17/9). O parlamentar foi o responsável por apresentar um Projeto de Lei que desobrigaria o uso de máscara na cidade e disse que preferia esperar para se vacinar. Ele tinha 34 anos, e é o segundo membro da Casa a morrer neste ano por causa da doença.

A morte do vereador foi confirmada pela Câmara Municipal de Uberlândia que, por meio da presidência, também publicou nota de pesar. “O vereador Thiarles Santos deixou sua história e legado na Câmara Municipal de Uberlândia nestes 7 meses e 20 dias que passou conosco. Como integrante do Poder Legislativo Municipal, o vereador teve como função primordial representar os interesses da população perante o Poder Público, ouvindo o que os seus eleitores e o povo de Uberlândia desejavam, propondo e aprovando esses pedidos na Câmara Municipal e fiscalizando se o prefeito e seus secretários estavam colocando essas demandas em prática”, diz a nota.

Internado desde agosto em hospital privado da cidade, Santos estava intubado desde 4 de setembro e, segundo nota recente da assessoria parlamentar, os pulmões dele não respondiam ao tratamento e ele teria que passar por uma traqueostomia ainda nessa semana, o que não foi possível por conta de uma instabilidade.
 
Thiarles Santos era advogado e estava no primeiro mandato como vereador, chegando posto com 1.621 votos em 2020.
 
O velório será realizado no sábado, das 10h às 14h no Cemitério Parque dos Buritis.

 

Advertisement

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade