Chega à Câmara sexta denúncia por infração contra Galileu Machado

Postado em 15/06/2020 16:34

Será lida e votada nesta quarta-feira (17/06), às 8h, na Câmara Municipal de Divinópolis, a Denúncia por infração político-administrativa nº 1 de 2020, apresentada pelo vereador Edsom Souza (CDN) contra o prefeito Galileu Machado (MDB). Pela peça protocolada e agora em análise no Poder Legislativo, o chefe do executivo é acusado de suposta afronta ao princípio da legalidade em descumprimento a Lei Complementar nº 49/1998 que trata dos critérios de obtenção do benefício fiscal e social da Cota Básica do IPTU no município de Divinópolis. 

A denúncia será lida em Plenário na abertura da 16ª Reunião Ordinária. Depois da leitura, será colocada em votação, pelo presidente da Câmara, Rodrigo Kaboja (PSD), a admissibilidade ou não do pedido. Em entrevista, Kaboja adiantou que, nesse caso os vereadores, atuam como árbitros e não se manifestam sobre o teor da denúncia. “Vamos ter uma tramitação transparente e justa, da mesma forma que foram às das outras denúncias, com os mesmos direitos e garantias”, disse Kaboja.

O quórum para ser aprovada ou rejeitada a admissibilidade é de maioria simples (metade + 1 voto) dos vereadores presentes. Se a admissibilidade for aprovada, automaticamente se dá início ao processo de investigação da denúncia por infração político-administrativa, incluindo, a formação de uma Comissão Processante que irá realizar, dentre outras atividades, oitivas com autoridades e ocupantes de cargos públicos indicados na peça feita pelo denunciante. Ao final das investigações, o relatório final da Comissão, será apresentado em plenário e os vereadores irão deliberar pela cassação ou não do Prefeito. Nesta votação, valerá, a posição de maioria qualificada de 2/3 dos vereadores, o que representa 12 votos.

 

Com informações Câmara Municipal de Divinópolis  

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
error: Este conteúdo é protegido!