Publicidade

Homem é preso suspeito de produzir imagens íntimas de parentes adolescentes

Postado em 19/01/2021 19:01

Agentes que atuaram na prisão do suspeito. Foto: Divulgação/PCMG

 

A Polícia Civil  prendeu um homem, de 30 anos, suspeito de filmar cenas íntimas da própria enteada e sobrinha dele, de 13 e 14 anos, respectivamente. O investigado foi preso em Nova Serrana, na última sexta-feira, 15, mas as informações foram divulgadas apenas nesta terça, 19.

De acordo com as investigações, o suspeito teria filmado as vítimas, de forma oculta, enquanto elas utilizavam o banheiro da casa onde ele e as meninas residem. As imagens foram armazenadas no celular do investigado.

Advertisement

O suspeito, que também é investigado por violência doméstica contra a atual companheira, possui extensa ficha criminal, com passagens pela polícia por tráfico de drogas, roubo, furto, ameaça e lesão corporal.

A delegada responsável pelo caso, Karine Tassara Fernandes, instaurou inquérito policial e, após novas informações, representou pela prisão do suspeito, pedido que foi prontamente atendido pela Justiça.

 “Diante da gravidade da denúncia e da materialidade dos crimes, entendemos pela prisão do suspeito, tendo em vista o risco que essas menores estavam correndo, além do histórico de violência doméstica do suspeito e seu envolvimento no mundo do crime”, conta a delegada ao explicar que recentemente foi concedida medida protetiva em favor da ex-companheira do suspeito.

A delegada regional em Nova Serrana, Angelita Viane Soares, reforçou a importância da denúncia para o combate de crimes contra mulheres, crianças e idosos. “Para nós, a denúncia é de extrema importância, para que possamos acolher essas vítimas e responsabilizar os autores”.

O investigado foi preso e levado à Delegacia de Polícia Civil em Nova Serrana, e, em seguida, encaminhado ao sistema prisional, onde se encontra à disposição da Justiça.

 

Canais de denúncia

A Polícia Civil destaca que para denúncias em Nova Serrana, a vítima ou qualquer cidadão pode procurar a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, na Rua Messias Augusto da Silva, 363, no bairro Laranjeiras.

Outra ferramenta disponível é o Aplicativo MG Mulher, disponível para download nos sistemas Android e IOS. O app foi desenvolvido pela Polícia Civil de Minas Gerais, com apoio da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), e consiste em uma ferramenta voltada para a mulher, especialmente a que está sendo vítima de violência.

Denúncias anônimas podem ser realizadas pelo Disque Denúncia, no telefone 181; ou 180 (Central de Atendimento à Mulher); ou até mesmo pelo e-mail da delegacia: delegaciademulheresnovaserrana@gmail.com.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!