Prefeitura pagará em dinheiro o vale transporte dos servidores municipais celetistas remanescentes de 1988 - Portal MPA

Publicidade

Prefeitura pagará em dinheiro o vale transporte dos servidores municipais celetistas remanescentes de 1988

Postado em 21/12/2021 6:49

O Sindicato dos Trabalhadores Municipais de Divinópolis e Região Centro Oeste (Sintram) assinou um acordo coletivo com a Prefeitura de Divinópolis que garante o pagamento do vale transporte em dinheiro aos servidores municipais celetistas remanescentes de 1988. O Sindicato foi representado pela presidente, Luciana Santos, pelo vice-presidente, Wellington Silva, e a diretora de formação sindical, Geise Silva.

A presidente do Sintram destaca que essa era uma luta antiga do Sindicato junto com os servidores celetistas. Luciana enfatiza ainda, que o pagamento do vale transporte em pecúnia traz igualdade, uma vez que o benefício já é concedido aos servidores estatutários. “O acordo coletivo traz para os servidores celetistas remanescentes de 1988 o vale transporte em pecúnia, que era um desejo deles, e o Sintram buscava há várias administrações essa consolidação. Agora, junto ao governo do prefeito Gleidson Azevedo (PSC) nós conseguimos assinar esse acordo coletivo de trabalho, trazendo também esse benefício, que já é garantido aos servidores estatutários para os celetistas remanescentes de 1988. Essa é uma grande vitória”, ressalta.

O servidor público, Glaucio Ferreira acompanhou o encontro e agradeceu o empenho do Sindicato nesta luta pelo benefício, e reforçou o compromisso dos servidores públicos com Divinópolis. “Nós só temos a agradecer, agradecer ao secretário de administração, Thiago Nunes, a essa gestão, ao nosso Sindicato, pelo empenho, pelo compromisso, por caminhar junto, e por esse momento que está concretizando aquilo que é o interesse do servidor público celetista. Nós estamos está aqui para contribuir, para fazer o nosso melhor”, frisa.

Logo após a assinatura, o Sintram encaminhou o documento para o Ministério Público do Trabalho para que o acordo coletivo fosse homologado. O prefeito de Divinópolis, Gleidson Azevedo, enfatizou que conceder o benefício aos servidores celetistas é uma obrigação que está sendo cumprida pela atuação gestão. “Se é um direito do servidor deve ser pago, e isso mostra o compromisso que esta gestão tem com os servidores. Podem ter certeza que durante o mandato o que estiver ao alcance da administração para valorizar os servidores públicos municipais será feito”, concluiu o prefeito Gleidson Azevedo.