Publicidade

Rascunhos da Vida

Rascunhos da Vida: Encarcerados…

Postado em 02/04/2021 6:00

.Reality Shows fazem muito sucesso, pois vemos nas pessoas confinadas reações das mais diversas, desde louváveis, até totalmente contrárias aos bons costumes e padrões sociais adequados. Alguns veem refletidos nas atitudes dos participantes o espelhamento das próprias atitudes escondidas.

I Pedro 4.12-19

Retirado do site: https://www.freeimages.com/pt/photo/many-hands-1184796

Eu na verdade não assisto esse tipo de programação, mas muitas pessoas o fazem e não as condeno por isso. Gosto sim dos programas de superação como o antigo “No Limite”, ou outros semelhantes, onde vemos homens e mulheres em condições extremas e como eles se portam quando privados do mínimo essencial ao conforto e as necessidades de sobrevivência humana.

Advertisement

No entanto houve uma polêmica sobre uma participante chamada Karol Konka (acho que é assim que se escreve). Tal polêmica se deu por sua atuação opositora, afrontiva e massacrante contra um dos oponentes daquele programa de TV. Na verdade nos esquecemos de que o ser humano diante de uma situação de grande tensão. E quando privado de alguns privilégios e da própria liberdade de ir e vir podem tomar atitudes anormais. Isso pode ser visto num experimento mal sucedido que originou uma teoria chamada de “efeito Lúcifer” mostrando como o mal está contido no homem e algo pode despertar esse comportamento de uma forma desenfreada.

A participante do reality show nada mais fez do que no seu confinamento de liberdade apresentar o mal inato do ser humano. No entanto, temos a liberdade de escolha dos atos que tomamos, não temos o livre arbítrio na sua totalidade. Pois existem muitas coisas que não podemos escolher e que são frutos do biológico, do social e de certa forma do nosso alicerce espiritual (parte que não pode ser corrompida, e que estrutura nossa forma de agir, viver e sobreviver neste mundo).

Segundo São Pedro, nós passaremos por aflições, especialmente se formos fiéis a Cristo Jesus e sua Palavra. Mas mesmo diante de toda provação e privação precisamos considerar agir com as melhores atitudes, fazendo o bem, pois um dia todos nos apresentaremos diante do tribunal Celestial. Então aqueles que em Cristo foram remidos e comprados não serão condenados, mas julgados e galardoados, independente do que seja ou qual seja esse galardão. No entanto aqueles que não foram remidos no sangue do Cordeiro serão julgados e muitos condenados, cabendo a Deus a imparcialidade no julgamento.

Então sem qualquer dependência pratique o bem, não visando uma recompensa futura, mas com a intensão de tornar a vida do outro melhor. Torná-la mais amena, menos dolorosa, com menor pesar, e sem angústias sobrenaturais sobre seus ombros. Pense nisso, nós não somos responsáveis pelo julgamento do outro. Mas somos responsáveis por nossos atos perante os outros e como esses atos colaboram para que no mundo não aflore a maldade e animosidade humana diante do reality show que todos estamos vivendo.

Um grande e forte abraço!
Nos fraternos e bondosos laços do amor de Cristo.

Rodrigo Fonseca Andrade
Um servo que tenta fazer o bem no reality show de confinamento real.

Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

<
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
Autor do blog: Rodrigo Andrade

Rodrigo Fonseca Andrade é um microempreendedor, teólogo e professor de línguas clássicas (Grego Koinê e Hebraico Massorético). Casado com Sílvia e pai de João Victor e Isabelle. Com formação em Tecnologia, Meio Ambiente e Teologia. Tem como objetivo principal tornar o conhecimento teológico simples e abrangente. Sendo assim demonstra através de fatos da vida como Deus é soberano e dirige nossa história pessoal. Neste blog você lerá, lembrará e se identificará com muitos dos fatos bíblicos exemplificados de forma simples e objetiva.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!