Rascunhos da Vida: A maldição dos 20. - Portal MPA

Publicidade

Rascunhos da Vida: A maldição dos 20.

Postado em 09/05/2022 6:00

Algumas coisas são tão bem difundidas, que apesar de não ser verdade são cridas como verdadeiras. Minha Vô Gorducha não deixava a ninguém comer manga e tomar leite. Mas, não ligava se fizéssemos uma batida de leite com manga. Não há lógica neste pensamento, comer não pode, mas beber é permitido.

Tito 3.8-11

Retirado do site: https://www.pexels.com/pt-br/foto/antigo-antepassados-anciao-arqueologia-6643748/

Existe no ar um mito que está se tornando verdade para muitos. O mito dos vinte. Fala-se que um casamento entra em crise quando entra no seu aniversário de vinte anos de consumação, e que aqueles que sobrevivem a isso com certeza não irão sucumbir. A lenda dos anos vinte diz que a cada cem anos nos anos ou precisamente na década de 20 de cada século o mundo passa por uma série de catástrofes, ou pestes que mudam toda a história da humanidade. Foi assim em 1920 com a Gripe Espanhola, em 1820 quando uma epidemia de Cólera atacou o mundo, e em 1720 com a praga de Marselha. Também vemos em 1620 um surto de moléstia contagiosa, por sua vez em 1520 a varíola devastando o império Azteca, 1420 o contágio da Peste Negra, 1320 a Peste Bubónica, e por aí vai.

Como estamos vivendo um momento pandêmico mundial, por isso muitas pessoas estão acreditando em lendas, teorias de conspiração, correlações inexistentes, meias verdades, entre as bobagens propagadas pela internet de forma exponencial. Sucos curativos de bordo, gargarejos com limão e bicarbonato, e uma série de outras receitas caseiras que curam, saram ou amenizam os possíveis efeitos da COVID-19.

A velocidade de transmissão de meias-verdades é tão rápida, e em alguns casos tão bem elaboradas que se tornam verdadeiras. Quem nunca ouviu a lenda da águia? Uma linda história que conta que a águia no final de sua vida voa para o alto de uma montanha e toma a decisão arrancar suas garras, suas penas e seu bico, ficando inúmeros dias sem se alimentar e ressurge gloriosa vivendo assim mais algumas décadas. Uma história linda, mas falsa.

São Paulo alerta: “não gaste sua força discutindo questões tolas, genealogias, e contendas sobre a lei, pois são coisas inúteis e vãs”. Se o apóstolo sabia disso a mais de dois mil anos, porque não dar razão ao seu conhecimento? A produção de mentiras é muito mais fácil de ser feita que a propagação da verdade. Um boato lançado por uma pessoa, especialmente quando ocasiona algo ruim é mais rapidamente propagado que uma verdade ou um ato benevolente.

O alerta é para que não confiemos nas mentiras que chegam aos nossos ouvidos sem antes averiguar com clareza se são de fato verdades. Leia a Bíblia e confira as doutrinas que lhe são pregadas. Leia as notícias e veja se tem correspondentes em sites confiáveis (está com dúvida veja a veracidade nos sites “aosfatos.org”, ou “Agência Lupa”, “Comprova” ou “boatos.org” e o “e-farsas.com”).

Não passe adiante aquilo que não edifica sobre seu irmão, seu amigo, seu colega, parente ou vizinho. Se assim o fizermos teremos um mundo melhor, ou pelo menos mais saudável. Portanto pense nisso, você é responsável pelo que acredita e pelo que propaga.

Um grande e forte abraço!
Nos eternos laços do amor de Cristo.

Rodrigo Fonseca Andrade
Um servo que averigua doutrinas e notícias.