Santa Casa encerra contrato com UPA em setembro, mas afirma situação financeira está em dia

Postado em 28/03/2019 7:40

Após um longo período de crise financeira a gestão da UPA Padre Roberto afirma que a situação está equilibrada. Com os repasses do estado em dia o pagamento dos funcionários e do corpo clinico foram normalizados afastando as ameaças de greve e dando amplitude no atendimento.

De acordo com o superintendente da unidade José Geraldo Pereira, o repasse de 125 mil reais por mês que o estado manda para o município está em dia. O repasse é essencial para o equilíbrio financeiro da unidade. Outra medida tomada foi à redução de custos. Uma forma de gerar economia.

Segundo o superintendente quando ele assumiu a gestão em 2017 três folhas de pagamento estavam atrasadas, e era necessário mensalmente para quitá-la R$ 1.870.000,00. Hoje ela foi reduzida para o valor mensal de R$ 1.200.000,00. Apesar da redução de custo a sobrecarga de trabalho ainda é o grande gargalo.

A UPA foi criada para o atendimento apenas de urgência e emergência, porém a falta de leitos no SUS faz ela agir como ambiente de internação. Atualmente cerca de 40 pacientes estão no local aguardando vagas em hospitais da região. Em setembro quando encerra o contrato da Santa Casa de Formiga com a prefeitura de Divinópolis a atual gestão deve encerrar as atividades no município.

 

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com