Publicidade

Líder do governo pede inclusão do georeferenciamento na próxima reunião da Câmara

Postado em 19/02/2019 18:43

O líder do governo na Câmara o vereador Eduardo Print Junior (SD) usou o pronunciamento para fazer a defesa do projeto. O parlamentar disse que é preciso contratar o georeferenciamento para corrigir as graves distorções da planta do IPTU em Divinópolis. O projeto divide opiniões no Legislativo.

O georeferenciamento é um dos processos de atualização da planta cadastral do IPTU. Desde o ano passado a proposta tem sido discutida na Câmara.  Para realizar o georeferenciamento a prefeitura elaborou um projeto que solicita a contratação de um empréstimo. O valor estimado para realizado do trabalho de atualização do cadastro é de aproximadamente 5 milhões de reais.

A contratação de uma empresa especializada para correção de distorções é uma das duas frentes para revisar os valores pagos pelo imposto. A outra forma será a alteração das alíquotas. Durante a reunião desta terça-feira, 19 Eduardo enfatizou que os vereadores precisam olhar pra frente. Apontar os erros do passado e não corrigi-los é não pensar na cidade.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!