Publicidade

Falta de incentivo e apoio faz Marcelo Ribeiro deixar o cargo de diretor da FIEMG

Postado em 13/02/2019 9:38

Sobrecarga de trabalho e falta de incentivo financeiro. Essas foram as duas justificativas apresentas por Marcelo Ribeiro para o pedido de renuncia ao cargo de diretor da FIEMG Regional Centro-Oeste. Com a decisão ele deixa a função. A gestão da instituição segue sob responsabilidade do vice-presidente Paulo Costa.

A carta de desligamento foi entregue a direção estadual da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais na terça-feira, 12. Segundo Marcelo Ribeiro o cargo voluntário tem exigido muito tempo e demanda de trabalho. Como o mesmo acumula a presidência do Sindicato do Vestuário de Divinópolis (SINVESD) ele teve de se abdicar dos negócios. De acordo com ele ter afastado da gestão de sua empresa foi um dos pontos prejudiciais.

Durante a participação a frente da FIEMG alguns projetos de desenvolvimento foram iniciados. Um deles a proposta de finalização do Hospital Público de Divinópolis. Outra ação foi o trabalho de implantação da Escola SESI na cidade que pode dobrar o número de vagas oferecidas hoje. Na região se destaca a proposta de construção do polo comercial de Passos envolvendo o setor de móveis rústicos.

De acordo com Marcelo mesmo distante da FIEMG ele pretende acompanhar e cobrar da gestão o andamento dos projetos. Outra situação que não foi afastada é a possibilidade de no próximo ano assumir o cargo de vice-presidente hoje ocupado por Paulo Costa. A inversão da chapa já era a proposta quando os dois iniciaram o trabalho a frente da Federação.

 

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!