Publicidade

Há 10 anos o U2 começava a turnê 360º, que acabou de perder o posto da mais lucrativa da história

Postado em 29/08/2019 11:53


Não é todo artista que é capaz de lotar estádios ao redor do mundo. O U2, queira ou não, é uma desses poderosos grupos capazes de convocar multidões.

Grande nome do rock alternativo, a banda liderada por Bono já havia mostrado seu enorme potencial desde as décadas de 80 e 90. Isso porque as turnês The Joshua Tree, PopMart e Zoo TV arrastaram cerca de 12 milhões de pessoas para as apresentações.

Mas foi durante os anos 2000 que a banda ultrapassou todos os limites. E não estamos falando da época do disco How To Dismantle an Atomic Bomb, que deu origem à bem-sucedida turnê Vertigo. Já para o final da década, em 2009, o U2 lançou No Line on the Horizon e, para divulgar o novo disco, deu início à turnê U2 360º.

Estamos falando aqui de uma poderosa turnê que se vendeu através de uma estética diferenciada. Em um palco circular, a banda se posicionava, literalmente, em meio ao público. A ideia deu certo e, mesmo não sendo o disco mais bem avaliado da banda por parte da crítica, se tonou a turnê mais lucrativa da história.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!