Publicidade

Prefeitura usa parte da verba destina ao combate a pandemia para construir estátua de Lula

Postado em 06/05/2021 7:40

Reprodução/YouTube/ TheTonarinopoti

A cidade de Noto, na costa oeste do Japão, gastou o equivalente a R$ 1,2 milhão em uma estátua de lula-gigante. O dinheiro foi retirado de um fundo usado no combate à pandemia, o que tem gerado diversas críticas à administração local.

O enorme e polêmico molusco possui 13 m de comprimento, 9 m de largura e 4 m de altura. Segundo o Yahoo Japão, Noto recebeu 800 milhões de ienes cerca de R$ 3,9 bilhões por meio de subsídios do governo japonês, para controlar o impacto causado pela disseminação do novo coronavírus.

A verba deveria ser usada nos esforços diretos contra a covid-19, mas também na recuperação econômica da cidade pesqueira. Sendo assim, o cefalópode gigante é justificado como um incentivo ao turismo local, que sofreu um duro golpe com a pandemia.

Advertisement

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!