Publicidade

Jovem é internada após ser picada pela menor água-viva do mundo

Postado em 26/03/2021 7:30

Reprodução/CCBY/GondwanaGirl — 15/10/2005

Uma jovem com 20 anos de idade luta pela vida em um hospital próximo à Ilha australiana de Whitsundays, na costa central de Queensland. Os primeiros relatórios médicos indicam que ela foi picada por uma Irukandji, a menor e uma das águas-vivas mais venenosas do planeta.

Segundo o tabloide Daily Mail Austrália, a moça, ainda não identificada, foi atacada pelo animal marinho enquanto nadava em uma praia da Ilha Hayman, ao norte de Whitsundays. Levada às pressas ao centro médico local, ela acabou transferida para onde está internada atualmente.

As águas-vivas de Irukandji são cubomedusas que possuem entre 1 cm e 2 cm de diâmetro, o que equivale a uma antiga moeda de R$ 0,01. Além da Austrália, elas podem ser encontradas em Bali, Tailândia, África do Sul e Reino Unido. O veneno presente na picada desses animais pode provocar um conjunto de sintomas debilitantes e até fatais, como dores de cabeça, no corpo, cãibras musculares e vômitos. Após o a toxina ser incoulada na vítima, esse mal-estar intenso leva entre 5 e 45 minutos para aparecer.

Advertisement

 

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!