Publicidade

O mineiro Alysson Paulinelli é indicado ao Nobel da Paz

Postado em 14/01/2021 8:26

Mineiro de Bambuí, Alysson Paulinelli é indicado ao Nobel da Paz

A Associação Mineira de Municípios (AMM) comemora a indicação do engenheiro agrônomo Alysson Paulinelli, mineiro de Bambuí, ao Prêmio Nobel da Paz de 2021.

Deputado federal constituinte, secretário de Estado e Ministro da Agricultura, Paulinelli tem um grandioso trabalho prestado à agricultura brasileira desde a década de 60, contribuindo para uma verdadeira revolução do setor no País. Fundou a Empresa Brasileira de Pesquisa Agrícola Brasileira (Empraba) e foi também presidente do Banco do Estado de Minas Gerais e da Confederação Nacional da Agricultura (CNA).

Foi criador de incentivos e inovações tecnológicas que tornaram o estado de Minas Gerais o maior produtor de café do Brasil. Como grande incentivador da pesquisa, ciência e tecnologia, implantou um programa de bolsa de estudos para estudantes brasileiros em diversos centros de pesquisa em agricultura pelo mundo. Em 2006, ganhou o prêmio World Food Prize; equivalente ao Nobel da Alimentação, que é dado a pessoas, independente de raça e gênero, que ajudaram notadamente a população a melhorar a qualidade, quantidade ou disponibilidade de alimentos no mundo.

“A indicação de Paulinelli é um reconhecimento mais do que justo ao seu extraordinário trabalho em prol da agricultura brasileira com a visão de promover justiça social no Brasil e no mundo. Merece todo nosso apoio em ser o grande mineiro a levar o Nobel da Paz 2021”, destaca o presidente da AMM, Julvan Lacerda.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!