Sérgio Moro confirma pedido de demissão e deixa o cargo de Ministro da Justiça

Postado em 24/04/2020 12:11

Desde ontem circula a notícia da demissão de Sérgio Moro. Assessoria do ministro desconversou, o próprio Ministro da Casa Civil Braga Netto falou que não, mas hoje o ex-juiz anunciou a saída dele do governo. Sergio Moro, afirmou em seu discurso de demissão que disse ao presidente Jair Bolsonaro que a troca do diretor geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo, seria uma interferência política e que o presidente concordou com a afirmação.

Quando Sérgio Moro foi convidado para o cargo, foi prometido a ele a carta branca, e nenhuma interferência política na Polícia Federal. Moro também contou que o presidente Jair Bolsonaro em mais de uma ocasião, que queria colocar uma pessoa “do contato pessoal dele” no comando da Polícia Federal para lhe passar informações. “Realmente não é o papel da Polícia Federal prestar esse tipo de informações. Elas devem ser preservadas”, disse o ex-ministro.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, exonerou Maurício Leite Valeixo do cargo de diretor-geral da Polícia Federal. O decreto com a exoneração de Valeixo está publicado no Diário Oficial da União desta sexta-feira (24). 

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
error: Este conteúdo é protegido!