PCMG prende seis suspeitos de furtos e roubos a casas lotéricas, na região de Divinópolis. - Portal MPA

Publicidade

PCMG prende seis suspeitos de furtos e roubos a casas lotéricas, na região de Divinópolis.

Postado em 28/11/2020 7:32

Seis investigados presos. Esse é o resultado da segunda fase da operação Pedra Negra, deflagrada em Itaúna, região Centro-Oeste de Minas. Eles são suspeitos de integrar uma quadrilha especializada em furtos e roubos a casas lotéricas, com atuação em todo o estado. As investigações apontam que o grupo teria cometido uma série de crimes desse tipo, gerando um prejuízo de aproximadamente R$ 200 mil. Estima-se que a quadrilha tenha arrombado cerca de dez casas lotéricas em Minas Gerais.

A operação ocorreu na última terça-feira (24/11), quando a 2ª Delegacia Especializada em Investigação e Repressão ao Furto e Roubo, do Departamento Estadual de Investigação de Crimes Contra o Patrimônio (Depatri), com o apoio de policiais civis na cidade de Itaúna, cumpriram os seis mandados de prisão. Todos os presos, sendo três mulheres e três homens, são envolvidos ou já tiveram participação em crime de furto a casa lotéricas.

O grupo agia sempre na madrugada. Parte dos integrantes conseguia acesso ao imóvel vizinho ao alvo e abriam um buraco na parede. Dessa forma, os suspeitos tinham acesso à casa lotérica e arrombavam os cofres para a subtração do dinheiro”, explicou o delegado. Ainda segundo Barletta, os demais – geralmente um casal – ficavam do lado de fora fornecendo informações e monitorando a rua durante toda a ação.

A primeira fase da operação Pedra Negra foi deflagrada no dia 5 de março deste ano. Na ocasião, quatro indivíduos foram presos em flagrante quando se preparavam para entrar em um estabelecimento, no bairro Milionários, capital.

Ação criminosa

Segundo as investigações, o grupo agia sempre durante a madrugada. Parte dos integrantes conseguia acesso ao imóvel vizinho à casa lotérica, por meio da chave que obtinha em imobiliária, com a desculpa de que pretendia alugar algum dos escritórios. Desta forma, eles clonavam a chave da porta de entrada, abriam um buraco na parede e, com acesso ao estabelecimento, arrombavam os cofres para a retirada do dinheiro. Geralmente um casal ficava do lado de fora fornecendo informações e monitorando a rua durante toda a ação.

Segundo o delegado responsável pelo caso, Gustavo Barletta, a quadrilha possui nove integrantes e oito já estão presos. “O líder da quadrilha está foragido. Ele é o mentor e articulador das ações criminosas e era responsável pela divisão das tarefas. Todo furto contava com quatro criminosos, que se revezavam, sendo um casal na parte externa e dois homens responsáveis pela quebra da parede e arrombamento dos cofres”, explica.

As mulheres detidas estão colaborando com as investigações. As apurações continuam para identificar a participação do grupo em outras ações envolvendo casas lotéricas.

Assista ao vídeo. 

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
antes do ifdentro do if

5 comments

  1. 477223 218912But wanna comment on couple of general things, The site style is perfect, the content material material is truly very good : D. 413212

  2. fascinate este conteúdo. Gostei bastante. Aproveitem e vejam este conteúdo. informações, novidades e muito mais. Não deixem de acessar para saber mais. Obrigado a todos e até mais. 🙂

  3. megaflix disse:

    Este site é realmente fascinate. Sempre que acesso eu encontro coisas boas Você também vai querer acessar o nosso site e descobrir detalhes! informaçõesexclusivas. Venha saber mais agora! 🙂

  4. fantástico este conteúdo. Gostei bastante. Aproveitem e vejam este conteúdo. informações, novidades e muito mais. Não deixem de acessar para descobrir mais. Obrigado a todos e até a próxima. 🙂

  5. frol pwecerit disse:

    so much good information on here, : D.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade