Publicidade

Orientações sobre o PIX e Perturbação de Sossego são temas da reunião da ACASP

Postado em 09/12/2020 13:56

A Associação Comunitária Para Assuntos de Segurança Pública (ACASP), realizou nesta quarta-feira (09), às 07h30min, na sede da ACID, mais uma reunião semanal para debater assuntos de segurança pública. O encontro de hoje foi marcado por orientações sobre a nova ferramenta do Banco Central, Pix, que já vem causando preocupações aos seus usuários e também por reclamações de perturbação de sossego causadas por bares com música ao vivo.

A penúltima reunião do ano da Acasp foi marcada pela participação da comunidade. No encontro de hoje, um dos participantes manifestou preocupação com a nova ferramenta do Banco Central. De acordo com o cidadão, a preocupação é com os roubos de celulares e também os possíveis sequestros relâmpagos . “Com os novos recursos disponibilizados com o Pix, os pagamentos e as transferências eletrônicas são realizadas de uma forma muito mais rápida, por isso a minha preocupação com os possíveis crimes que podem ser realizados em razão dessa movimentação bancária”, explicou.

O participante informou que entrou em contato com o banco o qual é associado, Banco Mercantil, onde foi orientado a estabelecer um limite de pagamento e recebimento “Eu entrei em contato com o meu gerente para saber se existe alguma orientação em relação a esses casos em específico e fui instruído a estabelecer um limite diário de R$5 mil. O mesmo me explicou que existe sim essa preocupação com os possíveis roubos de celulares e me orientou a estar sempre em alerta e caso seja necessário entrar em contato com a polícia e o banco”, concluiu. 

Advertisement

Durante a reunião novamente foi registrado reclamações de perturbação de sossego, tema cotidianamente abordado na associação. Neste caso em específico, a reclamação é de um morador do bairro Esplanada. “A minha reclamação hoje é sobre um bar que mudou para o meu bairro há mais ou menos um ano. Não tenho nada a reclamar em questão de estrutura ou até mesmo a utilização da via pública, somente do barulho no final de semana causado pelos shows com música ao vivo. É um barulho insuportável que vem incomodando todos os vizinhos, o’que acredito eu que acontece em diversos bairros do município”, explicou.

O representante da Polícia Militar, Capitão Robson Neves, inicialmente informou que sobre o Pix ainda não existe nenhuma ocorrência registrada no município, mas que a orientação é sempre entrar em contato com a pm o mais rápido possível. Já sobre as reclamações de perturbação de sossego, o militar informou que as operações foram intensificadas . “As ocorrências de perturbação de sossego são bastantes recorrentes no atual cenário. A pm nos últimos dias tem intensificado as operações, principalmente na região da Praça do Santuário e nos bares localizados naquela região. Então neste sentido nós temos intensificado as operações de combate a perturbação de sossego e também as aglomerações, com tolerância zero. A nossa orientação é que o cidadão entre em contato com a pm para que a gente vá até o local para resolver ”, esclareceu.

Ao final da reunião o Presidente da Acasp, Breno Clementino, comentou as reclamações de perturbação de sossego e comunicou que na semana que vem será realizada a última reunião do ano da associação. “Essa demanda da perturbação de sossego é sempre pautada durante a reunião da Acasp. Felizmente nós, com o apoio do Conselho Técnico, conseguimos resolver boa parte das reclamações que nos são apresentadas, mas por outro lado, infelizmente essa demanda surge cotidianamente em outros lugares. Então é uma reclamação que sempre está presente durante as nossas reuniões, onde nós fazemos o que é possível para dar uma solução”, concluiu.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!