Publicidade

Operação asfixia prende 4 pessoas por tráfico de drogas

Postado em 29/07/2021 14:32

Operação asfixia prende 4 pessoas por tráfico de drogas em Arcos

Foto PC/Operação asfixia prende 4 pessoas por tráfico de drogas em Arcos

Na manhã desta quinta-feira (29/7), a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), com apoio das Polícias Militar e Penal e da Guarda Municipal, deflagrou a operação Asfixia, visando combater o tráfico de drogas na cidade de Arcos, região Centro-Oeste do estado. Durante a ação, quatro pessoas foram presas em flagrante e 11 mandados de busca e apreensão, cumpridos.

As investigações, conduzidas pela PCMG em Arcos, tiveram início em maio deste ano, a partir do recebimento de denúncias anônimas de que os suspeitos estavam realizando o tráfico de entorpecentes na cidade. Diante dos indícios de autoria e após a confrontação de dados, o delegado responsável, Patrick Carvalho, representou pelos mandados de busca e apreensão em endereços localizados nos bairros Calcita, Planalto, Brasília e Nossa Senhora Aparecida.

Durante o cumprimento foram apreendidos 48 pinos de cocaína, tabletes de maconha, além de uma balança de precisão e celulares.

Advertisement

Após a formalização dos procedimentos, os quatro investigados de 18, 20, 20, e 32 anos foram conduzidos ao sistema prisional, onde permanecem à disposição da Justiça. “Ao final do Inquérito Policial eles serão indiciados pelo crime de tráfico de drogas, previsto no art. 33 da Lei 11343/06”, destaca o delegado.

Foram empenhados na operação 22 policiais que integram as Polícias Civil, Militar e Penal, em dez viaturas. A ação também contou com o apoio de cinco Guardas Municipais e do Canil de Lagoa da Prata.

Operação asfixia prende 4 pessoas por tráfico de drogas em Arcos

Foto PC/Operação asfixia prende 4 pessoas por tráfico de drogas em Arcos

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!