Mercado de segurança patrimonial cresce em Divinópolis

Postado em 17/04/2019 15:21

O mercado de segurança patrimonial vem crescendo na região Centro-Oeste.

No entanto, para exercer a função de vigilante é necessário qualificação através de um curso profissionalizante.

Fiscalização

A Polícia Federal é o órgão responsável pela fiscalização dos centros de formação. Regras rígidas obrigam um elevado padrão de profissionalismo.

É preciso excelência para formar pessoas capazes para o mercado de trabalho”, afirma o professor Roberto Ribeiro, que comanda a equipe de instrutores da Escola de Vigilantes Torre Norte.

O Curso

O curso de formação de vigilantes é divido em aulas práticas e teóricas para as seguintes categorias:

Vigilante Patrimonial (A)

O Curso de Formação de Vigilante prepara para a utilização de armas, equipamentos e técnicas de defesa pessoal; além de todo o conhecimento teórico exigido.

Transporte de Valores (B)

O curso aplica teorias, técnicas e simulações práticas no Transporte de Valores com Carro Forte e armas de maior calibre.

Segurança Pessoal (C)

Curso com aulas dinâmicas e práticas de tiro, técnica operacional, direção ofensiva, defensiva e evasiva de veículos.

Escolta Armada (D)

Aulas de manejo e utilização do armamento necessário, técnicas de comunicação, direção e planejamento de rotas. Simulação de situações. Preparo necessário para segurança dos bens e pessoal.

Supervisor de Segurança (E)

O curso tem como objetivo preparar o aluno para que possa administrar e controlar todos os processos que envolvem a admissão e demissão de profissionais. Direito Penal e do trabalho, armamento, tiro e marketing pessoal completam a grade desse curso.

Segurança de Grandes Eventos (F)

O curso tem como objetivo capacitar os alunos para o exercício da atividade de segurança das pessoas e do patrimônio dos recintos onde forem realizados grandes eventos.

Uma Profissão de Respeito

 

 

Perícia em tiros é fundamental para o preparo de um bom vigilante.

Foi o melhor investimento que fiz. O curso na Torre Norte me deu preparo para lidar com questões importantes. Mudou minha vida profissional e pessoal”, relata o divinopolitano Felipe Oliveira, que começou como vigilante em 2012 e hoje é segurança particular de um famoso cantor em São Paulo.

Stand de Tiros

O segundo andar da estrutura da Torre Norte passou por reformas. O stand de tiros está mais moderno.

As aulas de tiro contam com a supervisão pessoal de Roberto Ribeiro e de outros instrutores da equipe. Trata-se de um processo importante do curso.

A estrutura de dois andares da escola fica na Avenida Primeiro de Junho, 284, quase esquina com Primeiro de Junho. Telefone de contato 3222 0929, ou pelo WhatsApp 37 9 9841 4531.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com