fbpx
Pular para o conteúdo
  • Home
  • Policial
  • Materiais genéticos que podem confirmar que corpo encontrado é de Sheilla já estão no IML

Materiais genéticos que podem confirmar que corpo encontrado é de Sheilla já estão no IML

Caso Sheilla: Prima revela que motorista perdeu a mãe recentemente
Caso Sheilla: Prima revela que motorista perdeu a mãe recentemente Foto: reprodução instagram

O Instituto Médico Legal André Roquette em Belo Horizonte, já recebeu os materiais genéticos recolhidos do corpo de uma mulher, localizado na quarta-feira (27), na Cachoeira do Trindade, em uma estrada vicinal, no distrito de Marilândia-MG.

Em depoimento, o delegado Flávio Destro, da Polícia Civil, disse que tudo indica que o corpo encontrado possa ser da motorista de aplicativo Sheilla Angelis de Almeida, de 36 anos, desaparecida desde o dia 9 de setembro, pois a família, reconheceu um calçado que estava junto ao corpo.

Ainda conforme o delegado, a confirmação da identificação do corpo, a partir de agora, será realizada por meio de exame de DNA. O resultado pode levar de 15 a 30 dias para ser apresentado.

No entanto,o corpo da mulher foi localizado por Reginaldo Fonseca, o qual afirmou que encontrou o corpo por volta de 7h de quarta-feira (27). Ele contou que o mau cheiro na região já era sentido há cerca de 15 dias. Ainda de acordo com Reginaldo, o crânio estava irreconhecível, mas que os sapatos eram de mulher. RELEMBRE O CASO:

Caso Sheilla: Prima revela que motorista perdeu a mãe recentemente
Caso Sheilla: Materiais genéticos que podem confirmar que corpo encontrado é de Sheilla já estão no IML Foto: reprodução instagram