fbpx
Pular para o conteúdo
  • Home
  • Policial
  • Divinópolis: Madrasta introduziu frasco em bebê por castigo, diz PM

Divinópolis: Madrasta introduziu frasco em bebê por castigo, diz PM

Image

A madrasta do bebê de um ano e sete meses que deu entrada no hospital com suspeita de estupro confessou o crime e foi presa. Segundo a Polícia Militar, agentes foram até a casa em que ela morava com o pai da criança e a mulher disse que o menino estava com diarreia, por isso, ela introduziu um frasco de perfume no ânus dele, como forma de castigo.

O menino foi atendido inicialmente no posto de saúde do bairro Icaraí e depois levado para o hospital, com o ânus dilacerado.

Primeiro a mulher disse aos militares que o ferimento no ânus era decorrente de uma queda. No entanto, quando ela percebeu que o companheiro poderia ser enquadrado como suspeito, ela confessou o crime. “A madrasta nos relatou que, pelo fato de o menino estar fazendo cocô em excesso, introduziu um frasco no ânus dele como forma de fazê-lo parar de fazer cocô. Ela confessou quando viu que o fato poderia ser levado para um outro lado, de estupro de vulnerável”, afirmou em coletiva o tenente da PM Renan Jesus da Silva.

A mulher foi presa e conduzida a delegacia. Ainda segundo a PM, a criança precisou passar por cirurgia.

O Conselho tutelar também foi acionado para fazer uma avaliação do caso para definir a guarda provisória da criança, que vivia em guarda compartilhada, ficando com o pai ou a mãe a cada 15 dias.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
trackback

[…] Divinópolis: Madrasta introduziu frasco em bebê por castigo, diz PM […]

1
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x