Publicidade

Ministro suspende redução de impostos para importação de armas

Postado em 14/12/2020 20:17

Ministro Edson Fachin, do STF, afirmou que segurança pública é dever do Estado. foto: Agência Brasil/Reprodução

 

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, suspendeu nesta segunda-feira, 14, a resolução do Governo Federal que zerou a alíquota de importação de revólveres e pistolas. A decisão tinha sido publicada no Diário Oficial da União na semana passada.

De acordo com o ministro, a decisão de retirar os impostos “viola o ordenamento constitucional brasileiro”. Segundo Fachin, no âmbito da formulação de políticas públicas, a segurança dos cidadãos deve primeiramente ser garantida pelo Estado e não pelos indivíduos. 
 
O governo Bolsonaro havia baixado de 20% para 0% a alíquota do imposto aplicado para a importação de armas. A medida, que deveria vigorar a partir de 1º de janeiro, estava prevista em uma resolução, publicada pelo Comitê Executivo de Gestão da Câmara de Comércio Exterior, órgão ligado ao Ministério da Economia. No documento, o governo incluiu “revólveres e pistolas” no anexo que descreve produtos e alíquotas aplicadas no âmbito do Mercosul. No caso dessas armas, não seria cobrada a alíquota do imposto.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!