Publicidade

Candidata a vereadora de Prata é flagrada fazendo boca de urna, lei prevê pagamento de multa que varia entre R$ 5 mil a R$ 15 mil

Postado em 15/11/2020 14:53

A Polícia Militar (PM) de Prata, durante policiamento preventivo, em virtude das eleições municipais, foi solicitada para averiguar uma boca de urna de uma candidata a vereadora. Ao ser efetuada a abordagem foi constatado que ela estava com 56 santinhos.

O solicitante relatou que estava transitando a pé pela Praça JK, momento em que a candidata colocou em seu bolso um santinho e solicitou que votasse nela. Diante dos fatos, autora apresentada na Depol para providências. Ela não teve o nome revelado.

A Boca de urna é relativo a distribuição e/ou veiculação de propaganda política no dia da eleição, sendo considerada um crime eleitoral no Brasil, por entender tratar-se de “aliciamento de eleitores”.

A Lei prevê punição de seis meses a um ano de detenção para este crime, havendo a alternativa do condenado prestar serviços à comunidade pelo mesmo período, além de pagamento de multa que varia entre R$ 5 mil a R$ 15 mil, a suspensão do título de eleitor, dificuldades para obter a aposentadoria e não poder tirar passaporte e outros documentos.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!