Pequenos negócios e comerciantes autônomos apostam em vendas online no estado

Postado em 30/03/2020 7:03

omerciantes estão adaptando seus modos de ganhar renda

Devido ao novo coronavírus, a rotina de vários brasileiros vem passando por alterações. Com as indicações de isolamento social do Ministério da Saúde, estados e prefeituras, apenas serviços essenciais continuam funcionando. E para não perder sua fonte de renda, proprietários de pequenos negócios e comerciantes vem apostando em vendas online em Minas Gerais.

A artesã Patrícia Cava de Carvalho é proprietária de uma barraca de roupas e pijamas em uma feira que acontece aos domingos em Poços de Caldas, no Sul de Minas. Há 15 anos no local, ela comentou que com atual momento e com as medidas estabelecidas vem enfrentando problemas com contas a pagar.

Os pais de Patríci têm uma barraca na mesma feira há mais de 30 anos. E estão preocupados, pois perderam o meio de renda que possibilitou que eles pagassem as faculdades dos dois filhos.

Outros diversos comerciantes pelo estado vêm passando por estes problemas. Principalmente os que prestam serviços exclusiamente presenciais.

Porém, pelo menos para os comerciantes existe um alento que pode ajudar no fechamento das contas. Diversos negócios vêm recorrendo as vendas online, pois seguem o isolamento social e as vendas continuam sendo realizadas.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
error: Este conteúdo é protegido!