fbpx
Pular para o conteúdo

Divinópolis lidera vacinação contra gripe

Image

A Prefeitura de Divinópolis divulga o balanço da campanha de vacinação contra a influenza para grupos prioritários, que teve início no dia 25 de março. De acordo com os dados divulgados, até hoje (5/4), o município conta com a cobertura vacinal de 14% com 11.669 doses aplicadas no público-alvo.

Em comparação com outras esferas políticas, a cobertura vacinal de Divinópolis se apresenta, proporcionalmente, 112,4% maior do que a do estado de Minas Gerais, que é de 6,59%, e 76,8% maior do que a cobertura no país, que é de 7,92%.

Veja quem faz parte dos grupos prioritários:

– Crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias);
– Trabalhador da Saúde;
– Gestantes;
– Puérperas;
– Professores do ensino básico e superior;
– Povos indígenas;
– Idosos com 60 anos ou mais de idade;
– Pessoas em Situação de Rua;
– Profissionais das Forças de Segurança e Salvamento;
– Profissionais das Forças Armadas;
– Pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais independentemente da idade;
– Pessoas com deficiência permanente;
– Caminhoneiros;
– Trabalhadores de transporte coletivo rodoviário para passageiros urbanos e de longo curso;
– Trabalhadores Portuários;
– População privada de liberdade e funcionários do sistema de privação de liberdade, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas.

Onde e quando se vacinar:

A vacina contra influenza está disponível em todas as Unidades de Atenção Primária à Saúde (UAPS), das 8h às 16h, e nas 10 unidades do “Programa Saúde na Hora”, no atendimento noturno, das 18h às 21h. As unidades que funcionam com o horário ampliado são: Ermida, Sagrada Família, Planalto, Belvedere, Tietê, Nossa Senhora das Graças, São José, Afonso Pena, Niterói e Bom Pastor. O “Dia D de vacinação” será no dia 13 de abril, contemplando inicialmente os grupos prioritários.

Importância da Vacinação contra a influenza

A vacina utilizada é a influenza trivalente, que confere imunização ativa contra os principais sorotipos do vírus. De acordo com o Ministério da Saúde, a meta é vacinar pelo menos 90% de cada um dos grupos prioritários. Com o avançar da campanha, assim como nos anos anteriores, a expectativa é de ampliação da oferta da vacinação para a população geral.

A influenza é uma infecção respiratória aguda, causada por vírus e que afeta o sistema respiratório, sendo de elevada transmissibilidade e varia de quadros leves a graves, podendo levar ao óbito. Os sorotipos mais comuns são A, B, C e D, sendo os vírus A e B responsáveis por epidemias sazonais em seres humanos.

A Semusa reforça que a vacinação é considerada a melhor estratégia de prevenção contra a doença, possuindo a capacidade de promover imunidade durante o período de maior circulação dos vírus, com o objetivo de reduzir as complicações, internações e a mortalidade decorrentes das infecções pelo vírus influenza.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x