Publicidade

Depois de 2 meses Shoppings e Centros Comerciais reabrem com uma rotina completamente diferente

Postado em 03/06/2020 15:57

O decreto do prefeito Galileu Machado foi publicado hoje, 03 no diário oficial dos municípios e tem efeito imediato. Foi levada em consideração a taxa de ocupação dos leitos de UTI, que atualmente, está abaixo de 50%. Com isso, a prefeitura autorizou a reabertura dos shoppings, dos centros de comércio popular e de cursos livres. No caso dos shoppings, várias medidas devem ser cumpridas.

Os shoppings poderão funcionar de terça a domingo, de meio dia às oito da noite. O shopping deverá controlar a entrada de pessoas limitando a 50% da capacidade o número de vagas no estacionamento. A máscara continua obrigatória para clientes, funcionários e vendedores. Os cinemas, teatros e área de lazer para crianças devem permanecer fechados.

Deverão ser aplicados produtos adequados de combate ao coronavírus em tapetes da entrada e saída. O acesso aos shoppings deve ser limitado por meio de portas específicas. Lojas e áreas comuns devem ser higienizadas a cada três horas com água sanitária no chão ou locais onde possam ser tocados.

Na praça de alimentação, o distanciamento de cada mesa deverá ser de dois metros. Os restaurantes e lanchonetes deverão entregar os alimentos direto aos consumidores. Nos elevadores só podem andar três pessoas por vez. Na escada rolante, apenas uma pessoa a cada três degraus. O álcool 70% deve ser disponibilizado para todos os clientes e lojistas. O ar condicionado geral e das lojas deverá ser desligado. Haverá restrição nos serviços dos fraudários.

O decreto autorizou também o funcionamento dos centros comerciais populares e galerias às terças, quintas, e sábados. As atividades devem se iniciar às 10 da manhã até às 8 da noite. Assim como nos shoppings, tem de ter controle da entrada de cliente, a lotação máxima pode ser de treze metros quadrados por pessoa, contando com os vendedores.

Marcação de distanciamento de dois metros entre cada pessoa. Medição da temperatura antes de entrar, não podendo ser superior a 37,8, controle no acesso a elevadores a três pessoas somente. Na entrada também deverá ter um profissional para fornecer álcool em gel 70%. Também deverá ocorrer a higienização do local e dos equipamentos de três em três horas após o atendimento de clientes.

Os centros comerciais varejistas e atacadistas de roupas podem funcionar de segunda a sábado, das 8 da manhã às 14 horas. Eles devem manter funcionários responsáveis nas entradas dos centros comerciais para averiguar a temperatura corporal, o uso de máscara, além do álcool em gel. O decreto também autoriza o funcionamento dos cursos livres (idiomas, música, bordado, pintura, informática etc.) e profissionalizantes, de segunda a sábado, com início das atividades às 08h (oito horas) e encerramento às 22h (vinte e duas horas), sendo obrigatório uso e máscaras faciais e a obediência às regras de etiqueta sanitária.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!