Conheça o significado dos Provérbios religiosos - Portal MPA

Publicidade

Conheça o significado dos Provérbios religiosos

Postado em 03/07/2022 8:58
Publicidade

Provérbios religiosos

Como vimos anteriormente, muitos ditados populares são provérbios religiosos com mensagem de sabedoria, passados de geração em geração, transmitindo experiência e conhecimento, sendo elementos culturais de povos antigos. A grande maioria tem origem bíblica cristã, mas muitos também vieram da cultura oriental, sendo praticamente uma declaração sábia ou pequena história que ensina uma lição.

Confira, abaixo, a nossa lista de provérbios religiosos mais conhecidos e falados até hoje.

A César o que é de César a Deus o que é de Deus

No contexto bíblico, a frase foi usada para diferenciar o que era questão política ou econômica de questão religiosa. Na tradição para a atualidade, o dito popular significa que cada um possui determinada competência/merecimento e responde por ela.

Exemplo: “Essa responsabilidade é deles, dai a César o que é de César.”

A fruta proibida é a mais apetecida

Com origem no mito da criação de Adão e Eva, o fruto proibido significa tudo aquilo que desejamos ter e não podemos, simbolizando desejo, ambição e luxúria.

Exemplo: “Tenho a certeza de que só deseja namorar com ela por estar comprometida. A fruta proibida é a mais apetecida, já dizia o ditado.”

A voz do povo é a voz de Deus

Este ditado significa que a voz do povo tem força, poder e, ainda, carrega a verdade, tal como a voz de Deus, segundo a crença cristão. Por isso, a voz do povo deve ser escutada.

Exemplo: “E não é que eles venceram na insistência? A voz do povo é a voz de Deus.”

Deus ajuda quem cedo madruga

Este provérbio significa que tudo costuma dar certo para quem se empenha, trabalha e vai atrás do que realmente deseja.

Exemplo: “Essa hora na academia, Maria?” “Pois é, Deus ajuda quem cedo madruga!”

Deus escreve certo por linhas tortas

Ditado popular de origem religiosa relaciona às situações ruins, que não devemos temê-las, pois sempre haverá algo melhor pela frente.

Exemplo: “Talvez essa não tenha sido mesmo uma boa hora para o jogo, Deus escreve certo por linhas tortas.”

Mente vazia oficina do diabo

Dito utilizado para se referir à falta de ocupação que resulta em pensamentos ruins e suas consequências, preenchendo o ócio.

Exemplo: “Vai ler alguma coisa, ver uma série… Mente vazia é oficina do diabo!”

O amigo ama em todos os momentos; é um irmão na adversidade

Tal ditado nos remete à ideia de quem é amigo de verdade, está presente inclusive nas adversidades da vida.

Exemplo: “Ele foi amigo até quando eu estava na pior, um irmão na adversidade.”

Onde Judas perdeu as botas

Expressão da língua portuguesa utilizada para descrever um lugar difícil de alcançar, muito distante ou mesmo inacessível.

Exemplo: “A trilha era longa demais e a cachoeira devia ser onde Judas perdeu as botas, nem chegamos até ela.”

Para baixo todo santo ajuda

Expressão popular usada quando uma situação ou atividade é muito fácil de ser realizada, sem muito esforço.

Exemplo: “Só não estamos sentindo o tamanho da serra porque pra baixo todo santo ajuda. Quero ver para voltar de viagem…”

Quando a esmola é demais o santo desconfia

Dito popular de origem religiosa que nos dá a entender que é preciso ter cuidado com quem aparenta ser muito bom ou generoso demais.

Exemplo: “Eu acho que ela está querendo algo. É tanto presente que até santo desconfia.”

Quando os justos florescem, o povo se alegra; quando os ímpios governam, o povo geme

Com origem bíblica, tal provérbio nos remete à mensagem de que o povo precisa de governantes justos para serem felizes.

Exemplo: “É claro que votaram contra essa lei, só pode ser furada. O povo geme quando o ímpio governa!”

Se Maomé não vai à montanha vai a montanha a Maomé

Da mesma forma que Maomé ordenou que o monte Safa fosse até ele e obteve resposta negativa, resultando na ida do profeta até o monte, assim devemos ser com as coisas: não esperar que os outros façam por nós, devemos ir à luta.

Exemplo: “Não vou esperar ligação alguma, Maomé é que vai até a montanha!”

Provérbios estrangeiros

Quando falamos de provérbios estrangeiros, é importante ressaltar que alguns são transversais, ou seja, podem estar presentes em diversos países e culturas, possuindo o mesmo significado. Porém, há ditados estrangeiros específicos de um povo ou região e que só são compreensíveis para quem vive aquela cultura.

Confira abaixo alguns provérbios de origem estrangeira:

A beleza está no olho do observador. (provérbio inglês)

De origem inglesa, a expressão significa que a beleza é algo individual de cada pessoa, de forma que cada um a enxerga de uma forma. Assim, o que é bonito para alguém, pode ser feio para outra pessoa (e o contrário também).

Exemplo: “Eu não acho feio, classifico como vintage e gosto desse tipo de design. A beleza está no olho de quem observa.”

A mais alta das torres começa no solo. (provérbio chinês)

Tal expressão nos faz refletir que devemos, antes de pensar no todo, construir uma base sólida e grande, para poder alcançar metas grandes.

Exemplo: “Calma, uma coisa de cada vez. A mais alta das torres começa no solo, não se esqueça!”

Há três coisas que jamais voltam: a flecha lançada, a palavra dita e a oportunidade perdida. (provérbio tibetano)

Este provérbio nos faz refletir sobre as nossas ações, falas e decisões, nos orientando a sermos cautelosos com cada uma delas.

Exemplo: “É melhor esperar a poeira abaixar para puxar esse papo. A palavra dita é umas das três coisas que jamais voltam.”

Provérbios e expressões idiomáticas

Além dos provérbios, também temos na língua as chamadas expressões idiomáticas, que são frases curtas com significado que ultrapassa o literal. Dessa forma, se tentarmos interpretá-las como se apresentam, o sentido conotativo não é o mesmo.

São frases bastante usadas na língua coloquial ou informal, e estão enraizadas na cultura linguística dos falantes. Tais expressões retratam alguns traços culturais de regiões ou grupos, sendo específicas de tal local. Porém, há também aquelas que conseguimos traduzir para outros idiomas.

Exemplos de expressões idiomáticas:

Descascar o abacaxi

Resolver um problema chato de ser solucionado.

Exemplo: “Depois da reunião, ainda precisei descascar o abacaxi!”

Acertar na mosca

Acertar algo de maneira precisa.

Exemplo: “Você acertou na mosca: ele estava lá.”

Encher linguiça

Preencher espaços vazios – papel ou tempo – com coisas sem importância. Enrolar em uma conversar, delongar.

Exemplo: “Ah, não tinha muito o que escrever na conclusão, ele encheu linguiça.”

Ter um sorriso amarelo

Expressão utilizada para se referir a quem não passa muita credibilidade, não possui ações genuínas. Pessoas falsas, sem naturalidade.

Exemplo: “Não sei, Roberta, achei o médico estranho. Meio sorrisinho amarelo, sabe?”

Virar a casaca

Usada quando alguém muda de lado, de time ou de partido de uma hora para outra.

Exemplo: “Mas ela apareceu com ele do nada, antes só falava mal. Virou a casaca!”

Publicidade