Vereador é impedido de participar de coletiva do prefeito e aciona jurídico para tomar providências

Postado em 18/02/2020 15:12

O vereador Matheus Costa (CD) disse que tomará as medidas necessárias para que a situação não volte a acontecer. O parlamentar queria participar da coletiva de imprensa convocada pelo prefeito Galileu Machado, mas foi impedido de entrar no local. Inicialmente a coletiva seria realizada na sala de imprensa, porém foi transferida para o gabinete do prefeito.  Matheus afirma que a manobra já foi uma tentativa de proibir sua entrada.

O vereador Matheus concedeu uma entrevista ao Sistema MPA. Por telefone ele relata que os assessores foram empurrados no local. O vereador enfatizou que o fato constrangedor foi registrado por seus funcionários. Apesar de não ter feito boletim de ocorrência o vereador relatou que pretende adotar medidas judiciais por causa do fato.

A coletiva foi convocada pela prefeitura para que Galileu Machado explicasse por que razão não pode assinar o convenio de R$ 1,5 milhão de reais que estava direcionado para a construção de uma usina de asfalto. O recurso foi articulado junto ao senador Carlos Viana, pelo vereador Matheus e o deputado estadual Cleitinho Azevedo.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: Este conteúdo é protegido!