Dependentes químicos em situação de rua estão sendo abrigados na Casa São Francisco

Postado em 08/04/2020 19:14

A Secretaria Municipal de Governo (Segov), por meio do Comitê Gestor da Política Municipal sobre Drogas, em parceria com a Comunidade Católica Sacramento de Amor, está realizando ações de acolhimento aos dependentes químicos em situação de rua, em prevenção ao novo coronavírus. O atendimento está acontecendo 24 horas por dia.
 
Os cidadãos em situação de vulnerabilidade social estão sendo abrigados na Casa São Francisco. Os acolhimentos foram iniciados na segunda-feira (30/03), recebendo um público de idade variada, entre 18 e 70 anos. Ao chegar no local os mesmos passam por procedimentos de segurança, banho, roupas novas, kit higiene e depois tem acesso a alimentação.
 
Todos os serviços ofertados são realizados por 20 voluntários e 30 missionários da Comunidade, que se dividem em grupos para realizar as tarefas. Foi criado também pelo Comitê gestor, uma equipe de abordagem voluntária, em parceria com o Centro Espírita Jesus de Nazaré e o Sindicato dos Contabilistas de Divinópolis (Sincodiv).
 
 
Desta forma os voluntários estão se mobilizando para conseguir mais doações por todo o município. A Casa São Francisco está se mantendo através de doações de alimentos e produtos de higiene para conseguir atender toda a demanda.
 
O atendimento é iniciado às 8h, recepcionando todos os dependentes químicos que estão em situação de rua que procuram a comunidade. Os mesmos podem permanecer na casa até as 14h, fazendo uso de todos os serviços ofertados. Após esse horário, os voluntários iniciam os serviços de higienização do local.
 
Todos os cuidados com a limpeza estão sendo tomados. Permanecem após às 14h somente as pessoas que estão abrigadas na casa, entre homens e mulheres, de acordo com a capacidade da instituição. Atualmente a Casa São Francisco possui 27 pessoas abrigadas e conta com 3 monitores que realizam o serviço de acompanhamento a noite.
 
A Diretora sobre Drogas e Direitos Humanos e presidente do Conselho Municipal de Drogas, Luciana Capanema, destacou a importância da parceria realizada neste momento. “Os dependentes químicos em situação de rua possuem uma vulnerabilidade social evidente . É de extrema importância que eles sejam acolhidos, recebam toda a assistência necessária, e principalmente, tenham acesso a alimentação e produtos de higiene. Desta forma, nós iremos realizar todos os cuidados necessários para cuidar deles nesse momento que estamos vivenciando de Pandemia”, ressaltou.
 
De acordo com uma das fundadoras da Sacramento de Amor, Roberta Vivas, a casa está necessitando ainda de doações para continuar os atendimentos. 
“Nós precisamos muito de doações. Atualmente nós estamos distribuindo 70 marmitas só no almoço e 27 no jantar, são 15 quilos de arroz por dia, fora os demais alimentos. É importante que as pessoas que possam, nos ajudem”, comentou.
 
Atualmente a casa está precisando de produtos de higiene, alimentação e descartáveis. Os interessados podem entregar as doações na Casa São Francisco, localizada na Rua do Chumbo, 297, Niterói. Ou também podem ligar no telefone (37)3222-5322, que a equipe de voluntários externos vão até a residência para buscar.
 
 
A Comunidade Sacramento de Amor, também disponibilizou uma conta bancária para contribuição financeira: Associação Imaculada Conceição – CNPJ 04.195.503/0001-10. Caixa Econômica Federal. Conta: 904421-2 / Operação: 003/ Agência: 0113. Todo o valor arrecadado será utilizado para custear água, energia e gás.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: Este conteúdo é protegido!