Hoje tem “Decisão” para o Guarani

Postado em 09/04/2019 12:20

Hoje, a partir das 19:00, no Tribunal de Justiça Desportiva de Minas Gerais, será julgado o Processo 73, onde o Vila Nova é denunciado por ter supostamente escalado irregularmente o jogador “Pinguim”.

Após ser denunciado por suposta escalação irregular do atacante Pinguim, o Villa Nova prepara a defesa a ser apresentada no Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-MG). O Leão do Bonfim mostra confiança no caso.

O Villa Nova será julgado, hoje, terça-feira, por descumprimento do artigo 214 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que trata da escalação de jogador irregular. O Guarani, de Divinópolis, notificou a procuradoria do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-MG), que analisou o caso e encaminhou para julgamento.

O atacante Pinguim, que ficou famoso após viralizar no vídeo do torcedor corneta João Otávio, atuou pela equipe de Nova Lima no time profissional depois de ter sido expulso quando ainda era jogador da base. No entendimento do Guarani, o jogador deveria ter cumprido a suspensão mesmo depois de se profissionalizar.

O Villa Nova classificou a postura do clube de Divinópolis como “oportunista”.  Se o Leão do Bonfim for punido, ele cairá para o Módulo 2, e o Guarani volta para a elite do Estadual.

Na denúncia consta que o atacante Pinguim foi expulso durante uma partida da reta final do Campeonato Mineiro Sub-20 do ano passado. Depois, ele foi julgado e, além da partida de suspensão automática, pegou gancho de mais três jogos.

A suspensão automática foi cumprida na última rodada do Mineiro Sub-20. Para o Guarani-MG, a pena deveria acabar de ser cumprida em 2019, mesmo depois de se tornar profissional.

Confira a nota do Villa Nova:

“Em resposta às notícias veiculadas sobre escalação supostamente irregular do atleta Vitor Hugo do Espírito Santo Costa (“Pinguim”), o Villa Nova Atlético Clube esclarece que:

1 – Tomou conhecimento da denúncia formulada pela Procuradoria do TJD da Federação Mineira de Futebol – TJD FMF ontem, 04/04/2019, por volta de 18:00 horas, encaminhando o material para o exame do seu Departamento Jurídico, que apresentará a defesa no momento oportuno;

2 – Tem convicção que não há elementos na denúncia que impliquem na pretensa apenação, confiando que o exame do caso pelas instâncias da Justiça Desportiva será feito de forma isenta e técnica, confirmando o resultado obtido em campo.

3 – Lamenta profundamente o oportunismo de clubes que, após rebaixados, busquem manobras jurídicas na tentativa escusa de mudar o resultado da competição “no tapetão”.

4 – Ao final, informa a sua fiel torcida que todas as medidas necessárias para a defesa dos legítimos interesses do clube estão sendo tomadas.

A Minas FM 104,1 , durante a sua programação noturna, irá trazer todas as informações direto do TJD-MG. A equipe da Associação Mineira de Rádio e Televisão estará no local acompanhando todo o julgamento e vai trazer em tempo real as informações pertinentes ao julgamento do caso.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com