Defensor tenta ganhar os pontos do Atlético

Postado em 22/02/2019 9:39

O Atlético terá de se precaver, pois há risco do clube mineiro ter algum problema para garantir sua classificação à fase de grupos da Libertadores. A vitória sobre o Defensor, do Uruguai, por 2 a 0, na última quarta-feira, será contestada pelos uruguaios, que acionaram a Unidade Disciplinar da Conmebol, com o intuito de requerer os pontos da partida válida pela terceira fase preliminar da Libertadores.

O Defensor usou o argumentou de inscrições irregulares que a Conmebol divulgou sobre o atraso no envio das listas de inscritos para as suas competições. Ao todo, 21 equipes estão na mesma situação do Galo, e são investigadas por um suposto atraso na entrega dos relacionados à entidade máxima do futebol na América do Sul.

Após o jogo contra o Defensor, o presidente do Galo, Sérgio Sette Câmara, garantiu que o clube estava tranquilo na situação, e que se houve erro, seria da CBF. 

A CBF emitiu uma nota afirmando que cumpriu os procedimentos pedidos pela Conmebol no envio das listas de inscrições de atletas dos clubes filiados nos torneio da entidade.

A CBF informa que as listas de inscrição das equipes brasileiras na Copa Libertadores e Copa Sul-Americana foram recebidas dos clubes, assinadas e encaminhadas à Conmebol dentro dos prazos estabelecidos em regulamento.

O que está em apuração junto à Conmebol é um possível erro de autenticação no sistema Comet, durante a realização de uma das etapas de homologação do processo, o que de forma alguma configura irregularidade na inscrição das equipes. Trata-se de eventual falha administrativa, que, se muito, pode resultar em aplicação de multa. A CBF está investigando as causas dessa possível situação e fornecendo os esclarecimentos necessários aos clubes envolvidos e à entidade sul-americana-dizia a nota.

A confederação brasileira disse que a Conmebol está verificando se houve algum erro na autenticação em seu sistema de inscrição, chamado Comet,durante alguma parte do processo de inscrição e garante que não não há risco de punição esportiva a nenhum dos clubes brasileiros.

Até agora, apenas clubes chilenos sofreram alguma sanção, com a federação local confirmando que errou no envio das listas de inscritos. O Tribunal de Disciplina da Conmebol multou em US$ 15 mil os seis clubes chilenos que tiveram atraso em suas listas.

Além do Galo, as seguintes equipes que tiveram problemas no envio de suas listas: São Paulo, Bahia, Botafogo, Chapecoense, Corinthians, Fluminense e Santos. 

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
error: Este conteúdo é protegido!