Dedé passará por nova cirurgia e desfalca o Cruzeiro

Postado em 23/10/2019 11:48

Dedé passará por procedimento no joelho direito ainda nesta quarta-feira, em Belo Horizonte. O anúncio foi feito pelo doutor Sérgio Campolina, responsável pelo departamento médico do Cruzeiro, em entrevista coletiva na Toca da Raposa. Segundo ele, é um procedimento de pequeno porte e a tendência é de que o zagueiro retorne aos gramados ainda nesta temporada.

Dedé vem sofrendo incômodo no local há algum tempo e, por isso, foi preservado do jogo contra o Internacional, na 23ª rodada, no dia cinco deste mês, para poder estar em campo contra Fluminense e Chapecoense, confrontos diretos na luta contra o rebaixamento. Ele jogou essas partidas e também atuou contra o São Paulo, mas diante do Corinthians, no último sábado, saiu de campo aos 12 minutos do primeiro tempo em função de dores no local.

Sérgio Campolina explicou que o problema de Dedé no joelho é crônico, em função das lesões que ele teve anteriormente no local. Mas um exame feito nessa terça detectou um “corpo livre” no joelho do zagueiro. O procedimento será feito para retirar tal fragmento. É o que explicou Campolina nesta quarta.

“Inicialmente, foi imaginado que era uma lesão relacionada a uma lesão prévia, porque ele tem um problema crônico no joelho. Mas foi observado que havia um corpo livre. O que é um corpo livre? Um fragmento de uma estrutura articular dentro do joelho, que estava, de certa maneira, causando irritação no joelho e, por isso, piorou a dor dele, inchou, teve um derrame articular”.

“Fizemos novas avaliações e, diante disso, eu optei por fazer um procedimento no local. Eu vou tirar esse fragmento que está lá. É um procedimento feito com anestesia local, ou seja, é de pequeno porte, mas que para ele vai ser muito interessante. Acho que vai ajuda-lo não só no quadro clínico, ele está com bastante dor, com limitação de movimento, e esse procedimento, a expectativa é de que resolva a situação.”

Dedé convive com lesões no joelho na trajetória no Cruzeiro, que começou em 2013. O primeiro problema dele no local foi em novembro de 2014, quando se machucou na semifinal da Copa do Brasil, contra o Santos, na Vila Belmiro, e só voltou a atuar no início de 2016. Em agosto daquele mesmo ano, passou por nova cirurgia no joelho direito, recorrendo a tratamento nos Estados Unidos com um especialista no assunto.

Em março de 2017, retornou aos gramados, mas disputou apenas cinco jogos até sentir novas dores no joelho. O clube optou por tratamento convencional, que não deu certo. Dedé passou por cirurgia em setembro daquele ano e, em fevereiro de 2018, voltou a atuar e, enfim, teve sequência, sendo titular da equipe até o atual momento. Segundo Sérgio Campolina – que foi importantíssimo para o retorno do defensor -, o problema crônico e as lesões anteriores não influenciaram no atual problema.

“A questão da lesão prévia dele, isso poderia ter acontecido com qualquer atleta, o próprio Sassá teve lesão nos dois joelhos. Ou seja, o problema crônico dele não influenciou nessa situação. Exatamente por isso que eu pensei bem, discuti o caso e indiquei este procedimento, que deve ser realizado ainda hoje” – informou o médico.
 
“Clinicamente ele está com dor, nada que o incapacite, mas ele está sintomático, e a expectativa é de que ele volte o mais rápido possível para o grupo. Não fechou o ano para ele. Não vai tirá-lo da temporada, não é essa a nossa expectativa”
 
Titular absoluto do Cruzeiro, Dedé disputou 45 jogos nesta temporada, entre Campeonato Mineiro, Brasileirão, Libertadores e Copa do Brasil. Em pouco mais de seis anos na Toca da Raposa, o zagueiro disputou 187 partidas e marcou 15 gols.
 

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com