Cruzeiro obtém placar extremamente elástico contra o Patrocinense e segue no Campeonato Mineiro visando o título

Postado em 23/03/2019 20:50

O Primeiro Tempo:

Em ação relâmpago o time do Patrocinense se viu em vantagem contra o Cruzeiro, o que certamente foi uma surpresa para o sistema defensivo do Cruzeiro, o time visitante então surpreendeu assumindo uma postura de ataque nos primeiros segundos de jogo, porém não foi o suficiente para ainda abrir o marcador, mas o visitante não se viu recuado diante o sistema estratégico do Cruzeiro, sendo assim a Patrocinense se viu em uma confortável posição para tentar jogo contra o Cruzeiro, portanto tal confortabilidade de jogo fez com o Cruzeiro enfim obtivesse uma abertura de jogo e com Fred, num vacilo da zaga do time visitante marcou enfim o primeiro gol da partida, fazendo com que Fred ficasse frente a frente com o goleiro adversário, com isso abrir o placar foi fácil, alavancando a vantagem do Cruzeiro sobre o time Grená. Assim o fez; Cruzeiro 1 x 0 Patrocinense.

Com o primeiro gol, o Cruzeiro então assumiu a supremacia do jogo, fazendo com que a jogabilidade do time azul fosse totalitária durante os minutos seguintes ao gol, fazendo com que a pressão da Raposa fosse absoluta contra os visitantes, forçando a zaga do Patrocinense a trabalhar com total atenção, tudo o quer o Cruzeiro enfim esperava era mais uma distração do time adversário para apenas aumentar a vantagem sobre o placar. Os escanteios ficaram marcados ao longo dos dezesseis minutos, fazendo com que o Cruzeiro não se retirasse do campo de ataque, forçando as defesas do adversário com total calmaria, sendo então um Cruzeiro extremamente ofensivo na questão de jogo.

O que antes ficou marcado ao longo dos primeiros minutos por parte do Patrocinense logo se apagou; toda aquela postura ofensiva e moralmente bem equilibrada logo se apagou. Fazendo com que a apresentação do time visitante não fosse mais tão efetiva como anteriormente, o Patrocinense então se viu ”à mercê” do Cruzeiro, a desestruturação do lado direito do time grená abriu espaços gritantes para que o jogo do Cruzeiro fosse ativo, forçando as saídas de bola e toques de bolas esperando que houvesse uma pausa defensiva do Patrocinense.

A festa cruzeirense se ampliou com Rodriguinho que pela lateral da grande área do Patrocinense costurou toda a defesa adversária, fazendo com que o time visitante não fosse capaz de acompanhar o jogador cruzeirense que conseguiu adentrar o afundo da área, assim em um chute pela esquerda do gol adversário conseguiu fazer com que a bola enfim entrasse o gol, assim fazendo; Cruzeiro 2 x 0 Patrocinense.

Em menos de poucos minutos a festa cruzeirense poderia ser ainda maior, uma vez que numa bola alçada sobre a área Fred conseguisse capturá-la de cabeça, fazendo com que as redes balançassem, porém o gol fora irregular já que o jogador cruzeirense impediu fisicamente a deixa do zagueiro adversário, sendo pego falta contra o Cruzeiro. O Patrocinense então se viu sobre as mãos do Cruzeiro que abria o jogo de maneira confortável como queria, o que fazia com que o jogo fosse comandado apenas por uma equipe.

O Cruzeiro orquestrou todo o restante de jogo, fechando o primeiro tempo com alta e vantagem, assim retirando-se para o vestiário com o então intervalo.

Segundo Tempo:

O Cruzeiro iniciou com pressão total, primeiro com Edilson que com um potente chute triscou a trave do Patrocinense, a chance parecia perdida, porém numa recuperação do Cruzeiro, Rodriguinho lançou para Marquinhos Gabriel que aproveitou a deixa e logo aumentou a festa cruzeirense em um minuto e quarenta segundos do Segundo Tempo, assim ampliando o placar para Cruzeiro 3 x 0 Patrocinense, a facilidade do Cruzeiro era tamanha que deixou a zaga do Patrocinense de joelhos para o Segundo Tempo.

A estética do Cruzeiro se construiu com o tempo assim, novamente com Marquinhos Gabriel o time de Belo Horizonte ampliou o placar com menos de um minuto de distância do gol anterior, assim o Cruzeiro se viu em 4 x 0 contra seu adversário, fazendo com que o Patrocinense não se encontrasse logo no começo desse Segundo Tempo.

Com boa administração o Cruzeiro obteve boas oportunidades para aumentar ainda mais o placar durante o jogo, Rodriguinho teve consigo duas boas chances para fazer com que o Cruzeiro pudesse ampliar o placar para 6 x 0, porém seus lances foram interceptados ao longo de sua trajetória, fazendo com que ambos não balançassem sobre as redes grená que encontravam-se à mercê da mira cruzeirense. Portanto até seus longos minutos do Segundo Tempo o Cruzeiro domou todo o tempo por inteiro.

Se ele não conseguiu ampliar nos primeiros minutos, Rodriguinho novamente apareceu diante do jogo, com a supremacia ofensiva cruzeirense, Rodriguinho se viu pronto para novamente bater contra a bola rente ao gol do Patrocinense, com isso o placar só se viu em aumento, assim fazendo com que o gol fosse feito e o Cruzeiro ampliasse o marcador; Cruzeiro 5 x 0 Patrocinense, abrindo uma goleada diante do jogo em questão.

Com esse resultado, o Cruzeiro se viu numa situação fácil para passar para outra etapa do Campeonato Mineiro, a predominância ofensiva do time de Belo Horizonte então se colocou superior ao Patrocinense, assim fechando com um Cruzeiro que se viu totalmente livre para fazer o que bem entendesse sobre o jogo. O Cruzeiro então apenas administrou sua jogabilidade fazendo com que o jogo enfim se cessasse com elástica vitória cruzeirense.

Assista a Jornada Esportiva:

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: Este conteúdo é protegido!