Com ”Lei do Ex” o Flamengo vence o Cruzeiro dentro do Mineirão, piorando a situação cruzeirense no Brasileirão

Postado em 21/09/2019 18:54

Resumo do Primeiro Tempo: O jogo se iniciou à favor do time carioca que conseguiu manter pressão e também controle absoluto acima do Cruzeiro durante os dez primeiros minutos. Porém, bem antes disso, logo aos seis minutos; pintou Gabigol! Com cruzamento de Gerson na medida exata para Gabriel, o atacante só precisou cabeçar a bola contra o gol de Fábio, fazendo com que o goleiro cruzeirense não conseguisse defender, dessa forma abrindo o placar para o Flamengo. 1 x 0 para os cariocas que então faziam a festa no Mineirão. A supremacia rubro-negra se estabeleceu durante os vinte primeiros minutos do jogo, o Cruzeiro por sua vez procurava o empate para então uma reação, o jogo então tornou-se um caldeirão de exaltações, fazendo com que ambas as equipes obtivessem boas oportunidades para com o jogo em questão.

Logo aos trinta e cinco minutos do Primeiro Tempo, a resposta Cruzeirense foi clara; penalidade máxima. Após Rodrigo Caio derrubar Pedro Rocha dentro da área após boa tabela com Thiago Neves. O camisa 10 do Cruzeiro, Thiago Neves cobrou no canto esquerdo de Diego Alves, que atrasou-se um pouco no pulo, não conseguindo deter o empate da Raposa que agora via-se mais aliviada adentro do campo. O restante do jogo foi marcado com uma pressão entre ambas as equipes, que buscavam ampliar o marcador e virar o jogo, porém a história de jogo não colaborou, a atuação do Flamengo em comparação ao início de jogo agora era mais ”apagada”, e o Cruzeiro ainda corria atrás do prejuízo, tentando obter uma vitória no Brasileirão, até o apito final do Primeiro Tempo que também fora marcado com uma enorme polêmica.

Resumo do Segundo Tempo: O tempo começou diante de um ataque do Cruzeiro, levando um susto a toda a torcida rubro-negra, tanto em Minas Gerais quanto no próprio Rio de Janeiro. Após um lance para Diego Alves, ao dominar, o goleiro flamenguista viu-se de frente contra Pedro Rocha que com velocidade tentou roubar a bola na intenção de balançar as redes do Flamengo, porém o jogador acabou que cometendo a falta contra seu adversário. Uma primeira reação do Cruzeiro então nesse Segundo Tempo.

Os minutos que se seguiram foram marcados por uma enorme calma por parte do Flamengo, que concentrava-se em manter uma posse de bola superior ao time celeste de Minas Gerais, porém o Cruzeiro não ficava atrás da arrancada de jogo, buscando mostrar-se no decorrer do jogo e buscando um placar mais elástico para a Raposa.

Algo que chamou a atenção de toda a torcida como também dos próprios jogadores fora a não presença de Thiago Neves nesse novo tempo, o atacante não havia retornado ao campo, ficando por dentro do vestiário, o que gerava incertezas do que poderia de fato ter acontecido. Se no começo do jogo o Cruzeiro assustou o Flamengo, em um lance de Ezequiel, sozinho na área flamenguista, dominou a bola e a chutou contra o gol do Flamengo, a bola desviou-se no decorrer do caminho, batendo então na trave, trazendo então sorte ao goleiro do Flamengo que poderia ser facilmente vencido nesse lance em questão.

O Cruzeiro entrava com uma organização maior da qual tivera durante o Primeiro Tempo. A Raposa apertava o Flamengo de todas as formas possíveis, a entrada do Ezequiel fazia com que o meio de campo do Cruzeiro tivesse total mobilidade e distribuição de bolas, para trazer criações de lance que pudessem ser válidos. Porém o Flamengo buscava correr atrás do time celeste de Minas, tentando obter novamente o controle de jogo ao qual tinha anteriormente. Aos treze minutos Arrascaeta, que sempre ao participar do jogo era imensamente vaiado pela torcida cruzeirense, girou e cruzou na medida exata para Bruno Henrique que até então chegava livre na segunda trave do Cruzeiro. O jogador cabeceou contra Fábio, fazendo com que a bola fosse anulada sobre o peito de Fábio que então defendia o lance, retirando o perigo da área celeste. O Flamengo agora sufocava o Cruzeiro com todas as forças.

Lei do Ex? No Mineirão teve! Aos vinte e um minutos: Arrascaeta… Que sofria uma terrível pressão por parte da torcida cruzeirense recebe de William Arão, com corta-luz de Gabigol o passe do colega flamenguista, um toque perfeito que deixou Arrascaeta frente a frente com o Gol de Fábio, livre adentro da área cruzeirense o Meia Central bate de primeira sobre o gol cruzeirense, ampliando o placar para o time carioca que agora via no Mineirão; 2 x 1. O ”Novo Mineirão” conhecia agora seu maior artilheiro. O gol de Arrascaeta marcava seu 31º gol no Mineirão depois da reforma. Ninguém tem mais gols que o Arrascaeta no Gigante da Pampulha desde 2013, passando então a marca de William do Bigode.

O jogo ainda se mantinha aberto, por mais que a pressão rubro-negra voltasse à tona, o Cruzeiro agora via-se novamente sufocado pelos cariocas que pressionavam em um ritmo fulminante o sistema defensivo do Cruzeiro, o jogo então tornava-se ”caótico”, ambas as equipes buscavam o controle de jogo, o Cruzeiro, ainda mais pressionado, agora procurava por um empate, na intenção de não sair prejuízo nessa rodada do Campeonato Brasileiro.

O decorrer do jogo fazia com que o Flamengo voltasse a dominar o jogo, forçando o Cruzeiro a defender-se ao máximo, o Cruzeiro buscava reverter o jogo, conseguindo boas oportunidades de ataque, trazendo perigo ao gol do Flamengo em alguns lances aleatórios e também em cobranças de falta, conseguindo obter ofensividade diante das bolas paradas. O Cruzeiro procurava então correr atrás do empate, visto que uma derrota vinha a aumentar ainda mais o ”drama” do Cruzeiro no Brasileirão. 

O apito final então consolidou-se, trazendo mais uma vitória ao Flamengo, a sua sétima consecutiva e fazendo com que o Cruzeiro ainda estivesse preso diante da Zona de Rebaixamento, complicando a situação do time mineiro no Campeonato Brasileiro, trazendo preocupações a toda a equipe do time celeste e também para a torcida. 

Acompanhe como foi a transmissão da Jornada Esportiva na Minas FM

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: Este conteúdo é protegido!