Clássico entre Cruzeiro x Atlético é forjado por grandes polêmicas, porém Cruzeiro obtém vantagem ganhando em seu mando de campo

Postado em 14/04/2019 18:01

 

A Minas FM esteve nesse Domingo (14/04) para lhe contar a história entre Cruzeiro x Atlético Mineiro, o clássico Mineiro. Acompanhamos então a primeira partida pela final do Campeonato Mineiro e lhe conta toda essa história: 

Resumo do Primeiro Tempo:O jogo como era de se esperar começou quente, a equipe cruzeirense se demonstrou apta nos primeiros segundos de jogo lançando uma ofensiva contra os gols do goleiro Victor que foi obrigado a trabalhar, assim sendo a ameaça azul se manifestou de maneira rápida, porém o time do Galo não ficou para trás e logo se manifestou com ainda mais supremacia que o Cruzeiro, fazendo com que as jogadas do Atlético fossem bem esquematizadas ao longo do campo de defesa do Cruzeiro, obrigando o Fábio a trabalhar, não demorou muito para que Cazares numa cobrança de escanteio oferecesse perigo ao gol cruzeirense, com uma tentativa de Gol Olímpico, n um contra ataque o Cruzeiro se lançou contra o campo do Atlético e assim ameaçou uma vez mais o time alvinegro, portanto os primeiros minutos foram marcados com uma pressão sem fim de ambas as equipes.

O jogo se manteve num ritmo acelerado por parte de ambas as equipes que se concentraram em atacar de maneira constante, porém durante aos 17 minutos de jogo o Atlético perdeu uma importantíssima peça de estratégia de jogo; Cazares sentiu sobre a lesão e fora prontamente substituído, o que poderia preocupar a maior parte da torcida do Atlético e também o modo de jogo ao qual o Galo se portaria, porém o equilíbrio por parte de ambas as equipes ainda se mantinha, fazendo com que o jogo se tornasse cada vez mais interessante.

O jogo se manteve com o mesmo desenho em seu desenrolar, porém com um diferencial por parte de ambas as equipes, enquanto o Cruzeiro obtinha uma melhor técnica do que o Atlético, o time Alvinegro trabalhava mais com um sistema de força, o ”tudo ou nada” num estilo de raça que complementava técnica x força, deixando com que o jogo ainda permanecesse quente.

A reta final do primeiro tempo fora um tanto disputada, aos minutos finais do tempo em questão numa bola trabalhada com Marquinhos Gabriel, o lance do jogador cruzeirense fora em direção ao gol do Atlético fazendo com que houvesse um desvio por parte do zagueiro Leonardo Silva que desviou a trajetória da bola fazendo com que o goleiro Victor não conseguisse obter a defesa, confundindo-se com o lance em questão. Assim sendo; o marcador foi aberto em favor do Cruzeiro. Minutos depois o tempo foi encerrado, dando início ao intervalo.

Resumo do Segundo Tempo: O tempo começou complicado para o Atlético, o time Cruzeirense trouxe nos primeiros minutos uma ameaça contra o Galo que por sua vez se colocou em equilíbrio diante do cenário de jogo, não demorou muito para que em uma bola alçada à grande área do Cruzeiro; Ricardo Oliveira aproveitasse a oportunidade para balançar as redes e deixar tudo empatado, porém a alegria atleticana não durou muito uma vez que o Cruzeiro, também em uma bola área conseguisse ampliar o placar com Leonardo Renan. O jogo então se tornou ainda mais intenso.

O decorrer do primeiro tempo foi ainda mais ”tenso” aos olhos da maioria da torcida presente no Mineirão, ambas as equipes se colocavam para o jogo, o que deixou tudo ainda mais quente e polêmico diante a presença de lances duvidosos que poderiam prejudicar o jogo em questão. 

O jogo do Atlético fechou-se ao longo do jogo, fazendo com que o Cruzeiro ocupasse a maior supremacia de jogo do momento, o Galo então não se munia com oportunidade claras de jogo, Portanto a vitória do Cruzeiro tirava a vantagem de título do Atlético fazendo com que não houvesse uma expressão efetiva do Atlético. O VAR uma vez mais atuou durante o jogo, em uma cobrança de escanteio Fred em uma tentativa de cabeceada teve a bola recocheteada em seu braço, assim sendo ampliando o placar para o Cruzeiro, porém o VAR percebendo a irregularidade ofensiva; anulou o gol.

O desfecho foi um tanto tenso; Rafinha foi expulso, portanto o Cruzeiro e Atlético não poderão contar com os jogadores no próximo jogo, assim sendo o fim de jogo complicava-se cada vez mais. O clima de tensão enfim cessou-se, fazendo com que o Cruzeiro tivesse a vitória e assim o Galo corresse atrás do prejuízo que levou diante do Mineirão.

Ouça os gols na narração de Mário Savagett:

Assista a nossa Jornada Esportiva:

 

Veja imagens de nossa equipe esportiva diretamente do Mineirão

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com