Publicidade

América tem campanha para acesso.

Postado em 14/09/2020 13:12

BANNER FUTEBOL AGOSTO 2020

O começo de Série B do América vem sendo bem satisfatório. Nas nove primeiras rodadas, o Coelho saiu vitorioso em cinco delas, empatou duas e perdeu duas, totalizando 17 pontos, com 63% de aproveitamento. Com esses números, o time comandado por Lisca divide a liderança com Ponte Preta e Paraná, mas perde nos critérios de desempate. Para o torcedor americano mais supersticioso, a campanha até aqui é um bom sinal quando comparada com as três últimas vezes que o clube mineiro conquistou o acesso – 2010, 2015 e 2017.

A campanha de 2020 só não é superior à de 2015, quando o América também somou os mesmos 17 pontos que possui atualmente, com as mesmas cinco vitórias, dois empates e duas derrotas. Naquela ocasião, o Coelho era comandado por Givanildo de Oliveira e possuía os atacantes Marcelo Toscano e Richarlison como os principais destaques da equipe, que encerrou a competição no 4º lugar, com 65 pontos conquistados.

Já em 2017, quando o time comandado por Enderson Moreira terminou a Série B como campeão, superando o Internacional, o América teve um começo de competição instável e, justamente na 9ª rodada, diante do Santa Cruz, o Coelho conquistou a vitória que resultou na arrancada de 12 jogos de invencibilidade e manteve o time consolidado na parte alta da tabela até o fim do torneio. Foram 73 pontos ganhos, com 20 vitórias, 13 empates e apenas cinco derrotas.

Por fim, em 2010, quando o América era recém-promovido da Série C e finalizou a 9ª rodada daquela edição da Série B com 15 pontos conquistados, ocupando a oitava colocação do campeonato. Porém, com uma regularidade durante todo o torneio, a equipe comandada por Mauro Fernandes conseguiu garantir a classificação para a elite na última rodada, após empatar em 0 a 0 com a Ponte Preta-SP, em Campinas. O Coelho terminou no 4º lugar, com 63 pontos ganhos.

Em 2012, o América teve um começo de campeonato espetacular. Foram 22 pontos ganhos em 27 possíveis. Na ocasião, o Coelho comandado por Givanildo de Oliveira havia conquistado sete vitórias, empatado uma partida e perdido outra.

Entretanto, durante o decorrer da competição, o Coelho foi perdendo força por conta de atletas de grande importância que se lesionaram ou foram negociados, e viu o time sofrer duas mudanças de treinadores no restante do campeonato. O América encerrou aquela edição da Série B apenas na oitava colocação, com 55 pontos ganhos.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!