Publicidade

Ex-delegado da Polícia Civil é preso com R$ 260 mil de origem ilícita, em Caratinga

Postado em 18/03/2021 13:00

Ex-delegado foi expulso após ser preso pela Polícia Federal ao tentar transportar 150 kg de cocaína em um avião

Nessa quarta-feira (17), um advogado e ex-delegado de Polícia Civil foi preso durante uma operação das polícias Militar e Civil em Caratinga, na região do Vale do Rio Doce. Arnaldo Agostinho Sottani, de 49 anos, foi abordado após denúncias apontarem que ele estaria com uma grande quantia de dinheiro para comprar uma aeronave.

No automóvel, solicitado por um aplicativo de transporte, foram encontrados R$ 260 mil dentro de uma caixa. O delegado da cidade, Ivan Sales, afirmou que o dinheiro estava enrolado em papel filme e, provavelmente, está ligado ao tráfico de drogas devido ao pequeno valor das notas.

Advertisement

“Essa forma de enrolar em papel filme é tipo de quem tem dinheiro de origem ilícita, porque o dinheiro mofa”, apontou o delegado.

Ainda conforme Ivan, o suspeito é ex-delegado da Polícia Civil mato-grossense e foi expulso após ser preso pela Polícia Federal ao tentar transportar 150 kg de cocaína em um avião. Além disso, o homem é inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil de Minas Gerais e também é piloto de avião.

Nos últimos dias, Arnaldo foi ao município pelo menos três vezes, acompanhado de dois pilotos em uma aeronave.

Na delegacia, o suspeito confessou que foi procurado por membros de organização criminosa logo depois que saiu da cadeia, sendo contratado como advogado pelo valor de R$ 500 mil.

Neste último voo feito na manhã de ontem, entre Belo Horizonte e Caratinga, teria sido realizado por um piloto com licença de voo suspensa. A ação será informada à Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

 

Foto: divulgação Polícia Civil

 

The post Ex-delegado da Polícia Civil é preso com R$ 260 mil de origem ilícita, em Caratinga first appeared on Portal Amirt.

Postado originalmente por: Portal AMIRT

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!