Publicidade

Rascunhos da Vida

Rascunhos da Vida: Simplicidade….

Postado em 14/06/2021 6:00

Lembranças do passado nem sempre são agradáveis. No entanto, quando recordamos algo bom, algo agradável, saudável e quem sabe até puro, nós tentamos repetir o acontecido, ou pelo menos gostamos de trazer a memória o sentimento daquele fato.

II Coríntios 11.3

Retirado do site: https://www.freeimages.com/pt/photo/daisy-in-hand-1537287

Na última semana fui à casa da mamãe, chegando lá encontrei uma amiga de infância, fazia anos que não a via. Conversamos por um curto período de tempo, oramos por ela, e antes de nos despedirmos ela começou a contar para minha esposa algumas coisas que papai fazia habitualmente.

Advertisement

Ela trouxe a minha memória um hábito do meu pai que fazia parte da minha vida. Papai acordava cedo, mamãe preparava o almoço para ele, ele tomava o primeiro café bem cedinho e saía para buscar leite nas fazendas do seu roteiro. Então por volta de nove horas ele passava por Pedra do Indaiá novamente e entrava na casa da vó Lia e do vô Benevides. Lá ele comia do bolo que vó Lia fazia, o procedimento era sempre o mesmo: ele pegava na geladeira o leite que fora fervido no dia anterior, retirava a nata que havia por cima colocava um pouquinho de sal, passava sobre a fatia de bolo e comia com um copo de café com leite. Depois seguia o seu caminho até a cooperativa de Divinópolis.

Aprendi com ele a comer bolo com nata. Então entre as brincadeiras no quintal dos meus avós, eu entrava na casa com o corpo vermelho de terra, e as mãos branquinhas depois de bem lavadas, pegava uma fatia bem farta de bolo, recheava de nata e comia com um copo de leite. E como eu gostava de comer bolo com nata! No entanto essa simplicidade de vida foi perdida com o passar do tempo. Eu deixei de comer aquilo que era simples e feito em casa para saciar-me com a facilidade da padaria e do mercado.

Paulo prudentemente chama a nossa atenção para não nos apartarmos da simplicidade e pureza da mensagem de Cristo. Quando permitimos que nosso conhecimento seja corrompido acabamos lançando dúvidas na nossa fé, e por vez praticamos aquilo que é mau aos olhos de Deus.

Para manter a pureza é necessário sim firmar-se na palavra, na doutrina e no conhecimento de Deus. Sem esse conhecimento é impossível agradar ao Pai. Pois para agradar a Deus é necessário fé. E a fé vem pelo ouvir da Palavra de Deus, na verdade a ideia do ouvir é abrangente, significa ter conhecimento da Palavra. Então para agradar ao Senhor é verdadeiramente necessário buscar sua face e ler a sua Mensagem para o homem perdido e pecador.

Portanto não se permita distanciar daquilo que é simples, puro e agradável. Mas busque conhecimento das Sagradas Letras, lendo, ouvido e presenciando os testemunhos de vida ocasionados por Deus no homem. A salvação não é por obras, mas sim através de Cristo. Mas a fé é ampliada quando buscamos a simplicidade da Palavra e seus benefícios para nossa vida. Pense nisso e busque essa pureza e simplicidade para sua vida.

Um grande e forte abraço.
Nos eternos laços do amor de Cristo.

Rodrigo Fonseca Andrade
Um servo que busca andar em simplicidade de vida.

Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

<
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
Autor do blog: Rodrigo Andrade

Rodrigo Fonseca Andrade é um microempreendedor, teólogo e professor de línguas clássicas (Grego Koinê e Hebraico Massorético). Casado com Sílvia e pai de João Victor e Isabelle. Com formação em Tecnologia, Meio Ambiente e Teologia. Tem como objetivo principal tornar o conhecimento teológico simples e abrangente. Sendo assim demonstra através de fatos da vida como Deus é soberano e dirige nossa história pessoal. Neste blog você lerá, lembrará e se identificará com muitos dos fatos bíblicos exemplificados de forma simples e objetiva.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!