Publicidade

Rascunhos da Vida

Rascunhos da Vida: Não aguento a caneta azul.

Postado em 19/02/2021 6:00

O Brasil foi invadido por uma febre musical. A letra é tão simples que parece colar em nossa mente, ao ponto de atitudes corriqueiras fazerem cantarmos o refrão da música.

Jó 19.23

Retirado do Site: https://www.freeimages.com/pt/photo/the-scrapbook-with-a-pen-1422292

Caneta azul, azul caneta. Esse refrão se tornou um bordão no Brasil. Os grupos de Whatsapp, Facebook, até o Instagram, estão cheios de vídeos sobre essa música. A Marinha, cantores famosos, jogadores de futebol ou esportistas, comediantes, políticos, até grandes autoridades estão sendo atingidos por essa virótica “músiquinha”. Até mesmo o sério aviso sobre o que levar para a prova do ENEM chegou a ser vinculada a ela para que os alunos não confundissem a caneta na hora da prova.

Advertisement

Jó estava sofrendo, sendo acusado, afligido por todos, seus amigos, seus inimigos, sua esposa, todos queriam fazê-lo blasfemar contra Deus. Mas ele reconhece usa mazela, e por causa disso deseja a própria morte, ou não ter existido um dia. Mas após um momento de aflição tremenda ele diz com total convicção: “Eu sei que meu Redentor Vive”.

Para Jó Deus não está alheio ao nosso sofrimento, mas está presente. Ele não está apático, mas interage, interfere e conduz todas as coisas para que Seu Santo Nome seja exaltado sobre toda a terra através de nossa vida. Não despreza um coração quebrantado, pelo contrário se compraz, e demonstra seu amor através da entrega de seu filho amado para que não morramos, mas vivamos eternamente.

Realmente Ele não deseja usar uma caneta azul (que pode ser apagada) para gravar suas palavras, mas pena de ferro e chumbo para que fossem perpetuamente gravadas no coração de todos os que lessem sua declaração. Daqui alguns anos, talvez ninguém (ou poucos) se lembre da “caneta azul”, como já fizeram com o “sabe thurururu”, ou o “piripiripiri” do passado, mas a verdade na declaração de Jó permanecerá gravada e anunciará o amor de Deus por nós pecadores até que Cristo volte.

Pense nisso, as marcas do amor de Deus são permanentes, mas as escritas com “caneta azul” podem ser apagadas para todo o sempre.

Um grande e forte abraço!
Nos fraternos laços do amor de Cristo!

Rodrigo Fonseca Andrade
Um servo que tem escrito uma mensagem de esperança, nas teclas do computador, mas sem caneta azul.

Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

<
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
Autor do blog: Rodrigo Andrade

Rodrigo Fonseca Andrade é um microempreendedor, teólogo e professor de línguas clássicas (Grego Koinê e Hebraico Massorético). Casado com Sílvia e pai de João Victor e Isabelle. Com formação em Tecnologia, Meio Ambiente e Teologia. Tem como objetivo principal tornar o conhecimento teológico simples e abrangente. Sendo assim demonstra através de fatos da vida como Deus é soberano e dirige nossa história pessoal. Neste blog você lerá, lembrará e se identificará com muitos dos fatos bíblicos exemplificados de forma simples e objetiva.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!