Publicidade

Rascunhos da Vida

Rascunhos da Vida: Diga não ao escambo.

Postado em 28/04/2021 6:00

Meios comerciais sempre existiram e antes criação da moeda as pessoas negociavam pelo escambo, ou permuta. Após um período elegeu-se o sal como uma moeda de troca aceitável, e com a evolução a cunhagem de valores em metais preciosos como bronze, prata e ouro.

Romanos 13.8

Retirado do site: https://www.pexels.com/pt-br/foto/bancario-conta-projeto-de-lei-fatura-3943718/

Nunca fui bem sucedido em executar permutas, quase todas as vezes que eu fiz tive a sensação de perda. É claro que noutros momentos fiquei com a sensação de ter sido favorável a ambos. E em raras exceções fiquei com a sensação de causar prejuízo a alguém. Papai sempre me disse que “combinado não sai caro”, isso significa que se eu acordei com alguém algo, por maior que seja meu prejuízo ele nunca será real, pois eu aceitei as condições.

Advertisement

Há alguns meses troquei o meu carro (com o pagamento da diferença entre os veículos), o vendedor prometeu um serviço no veículo cujo valor não chega a cem reais. Alguns dias após a execução da compra e das orientações adequadas, ele simplesmente disse que a empresa nunca oferece tal serviço. Senti-me lesado, não pelo veículo, mas pelo não cumprimento da palavra dada. No entanto tomei uma decisão, nunca mais negociar com aquele “pescador”.

Segundo São Paulo, não devemos dever nada a ninguém, com exceção do amor. Em nossas execuções diárias devemos sempre dar aos outros o nosso amor, com alegria, longanimidade, cordialidade e carinho. Precisamos defender sim a fé e nosso pensamento, mas nunca fazê-lo de forma a ferir o outro com palavras ou atitudes.

No cristianismo verdadeiro não há espaço para permutas. Nele não podemos negociar os valores das Escrituras Sagradas em benefício próprio. Não podemos de forma alguma permitir que tentemos exigir de Deus ou dos outros uma retribuição por nossas atitudes. Pois tal retribuição acontecerá de forma natural quando vivenciamos o amor de Cristo em nossa vida.

Pense nisso, permutas nas atitudes cristãs geram perda de comunhão com Deus, pois imaginamos que o que fazemos merece uma retribuição. E quando isso não acontece em nosso tempo temos a sensação de perda ou prejuízo. Portanto, ame sem pedir algo em troca, tenha paciência mesmo que outros não hajam assim com você, seja cortês mesmo diante da aspereza, demonstre alegria mesmo quando a dor ainda for intensa.

Um grande e forte abraço!
Nos fraternos e verdadeiros laços do amor de Cristo.

Rodrigo Fonseca Andrade
Um servo que sabe que na vida Cristã não existem permutas.

Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

<
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
Autor do blog: Rodrigo Andrade

Rodrigo Fonseca Andrade é um microempreendedor, teólogo e professor de línguas clássicas (Grego Koinê e Hebraico Massorético). Casado com Sílvia e pai de João Victor e Isabelle. Com formação em Tecnologia, Meio Ambiente e Teologia. Tem como objetivo principal tornar o conhecimento teológico simples e abrangente. Sendo assim demonstra através de fatos da vida como Deus é soberano e dirige nossa história pessoal. Neste blog você lerá, lembrará e se identificará com muitos dos fatos bíblicos exemplificados de forma simples e objetiva.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!