Publicidade

Blog Amor Exigente

Amor Exigente mostra papel do filhos e dos pais dentro de um relacionamento

Postado em 27/02/2021 8:00

Quando vemos nas nossas raízes familiares, como viviam nossos pais e avós, aprendemos que não era muito fácil criar seus filhos, muitas vezes com dificuldades financeiras, casas muitas vezes apertadas, escola longe e sem condução como tem hoje, lembramos bem de todas essas dificuldades. Lembramos também que tínhamos de comer aquilo que era nos servido e não aquilo que queríamos ou gostávamos.

A dificuldade de ter uma sobra financeira para comprar algum objeto útil como pasta e caderno, brinquedos nem sempre eram possíveis. Nossa diversão era brincar de pique e bola de bexiga de boi, bonecas de pano ou de sabuco de milho. Levantar cedo, ajudar na lida da casa ou do trabalho diário, e cada um tinha a sua obrigação de ajudar em casa e estudar. Aprendemos a ser honestos e trabalhadores.

Crescemos, casamos e prometemos: meus filhos vão ter tudo o que não tive. E quando nossos filhos nasceram, a primeira preocupação era o quarto do novo filho. Quando crescia o melhor material de escola, o novo tênis, o horário da condução, o não acordar cedo para fazer os seus deveres, o presente ideal para o aniversário, do natal, ou outra data comemorativa. Acordar mais tarde ´porque estava cansado por ter ido para a escola e muito deveres para fazer. Deixamos escolher a batata frita e o refrigerante como refeições principais, esquecendo de   ofertar alimentos certos e saudáveis nas horas certas.

Advertisement

Com isso ensinamos nossos filhos a serem patrões e nós empregados, servindo-os sempre de maneira como se fossem verdadeiros “deuses” da família, esquecendo que em nossas raízes não aprendemos a fazer isso e deixamos de passar para eles esses ensinamentos que aprendemos com os nossos pais.

Dessa maneira mostramos para eles que “desrespeitar” o professor é normal, “agredir” o colega de escola ou o vizinho é normal, deixar de arrumar o seu quarto ou ajudar a lavar a louça ou banheiro é normal.

Quando nos damos conta de que fizemos muita coisa errada, estamos cansados, esgotados e querendo jogar tudo para cima. Simplesmente ´porque não pusemos em pratica aquilo que aprendemos dentro de nossas casas, com nossos ´pais e avós, que mostraram para nós que o respeito e o trabalho sempre foram uma maneira de mostrar que somos gente, precisamos deles. Nada neste mundo vem de graça, tudo tem um preço. E o principal valor que temos é o de ser gente, que meu vizinho é gente, que o professor é gente, que o lixeiro é gente, todos com qualidades e defeitos, mas dentro daquilo que podemos crescer em qualidade de vida e respeito. Como dizia Charles Chaplin: Não sois máquina, homens é o que sois. Ainda temos a oportunidade de mostrar para eles que respeito e trabalho nunca matou ninguém.

Texto: José Tito – Regional Divinópolis

 

Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

<
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
Autor do blog: Amor Exigente

E um canal destino a levar a mensagem de incentivo e reflexão proposta pelo grupo Amor Exigente.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!