Publicidade

Retrospectiva 2019: Atropelamento na BR-494 e reconstituição do assassinato de taxista

Postado em 28/12/2019 17:11

No dia primeiro de junho, um atropelamento de um jovem de 22 anos na BR-494 chamou a atenção. A rapaz havia saído do Parque de Exposições, quando um veículo em alta velocidade passou pelo acostamento e atropelou a vítima. O jovem foi arremessado numa distância de três metros. O grupo ainda desceu do veículo e alterou a cena do crime. Com o auxílio de imagens de câmeras de monitoramento, a Polícia Civil descobriu quem eram os ocupantes do carro. Cinco dias depois do acidente, o jovem de 22 anos deixou o CTI do hospital.

A morte do taxista Paulo Santo Rodrigues causou comoção em Divinópolis. Aos 40 anos, ele foi morto na madrugada do dia dois de fevereiro, na rua Asa Delta quase esquina com Tubarões, no bairro Campina Verde. Colegas de profissão de Paulo foram às ruas pedir agilidade na investigação.

No dia do crime, a vítima e o suspeito do saíram de um ponto de táxi, na rua Goiás quase esquina com Rio Grande do Sul.

Nenhum pertence de Paulo foi roubado. Imagens do circuito de segurança de uma loja filmaram o suspeito andando na calçada da rua Goiás. As câmeras de uma farmácia também mostram o suspeito caminhando ao ponto de táxi. A Polícia Civil fez em junho, a reconstituição do crime.

Os familiares de Paulo Santo assistiram à reconstituição. Ainda no mês de junho, Natanel Zeferino dos Santos, de 19 anos se apresentou na delegacia de Polícia Civil, assumindo a autoria do crime.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!