Estado de saúde de trabalhador que teve 80% do corpo queimado é considerado gravíssimo, diz hospital

Postado em 27/12/2019 17:10

Três trabalhadores da siderúrgica Divinópolis, situada às margens da BR-494 ficaram feridos na manhã desta sexta-feira (27), após uma caldeira se incendiar. Duas vítimas tiveram 80% do corpo queimado e foram transferidas de helicóptero para o hospital João XXIII em Belo Horizonte.

O acidente foi por volta de 8h da manhã em uma siderúrgica às margens da BR-494 em Divinópolis. Três vítimas foram socorridas em estado grave. Duas delas tiveram 80 % do corpo queimado. Os trabalhadores foram socorridos por uma ambulância da própria empresa e pelo resgate do Samu. A Defesa Civil também compareceu. Um caminhão tanque do Corpo de Bombeiros deu suporte no resfriamento do local.

A princípio, não houve explosão e sim, a suspensão de objetos finos no ambiente, o que gerou fagulhas. Ainda não se sabe se foi na parte elétrica ou maquinário. Foi uma incineração instantânea, como classificou a Polícia Civil. A perícia foi acionada e deve iniciar os trabalhos na segunda-feira.

A terceira vítima, um homem que não teve a idade divulgada, apresentava queimadura ocular. O helicóptero do Batalhão de Operações Aéreas (BOA) foi acionado para levar duas vítimas em estado mais grave ao hospital João XXIII. A primeira foi socorrida às margens da BR-494. A segunda vítima foi levada à sala vermelha do Hospital São João de Deus e, depois, trazida de ambulância até um campo de futebol. A aterrissagem foi ao lado do centro de treinamento do Corpo de Bombeiros, no bairro Danilo Passos.

Na tarde desta sexta-feira, o Hospital João XXIII publicou um boletim informando que deram entrada às 15h49, duas vítimas do sexo masculino, uma delas, em estado grave e a outra, em estado gravíssimo. A terceira vítima, que sofreu ferimentos na região ocular permanece internada no Hospital São João de Deus em Divinópolis.

 

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
error: Este conteúdo é protegido!